Pensando na importância de uma pausa para a reflexão e análise do formato de funcionamento da indústria da moda em 2014 surge uma iniciativa pensada para promover o olhar aprofundado sobre o uso de roupas e acessórios, evitar o desperdício e estimular boas práticas produtivas. Essas são as ideias centrais do Fashion Revolution, que terá ações em Campo Grande.

De 15 a 24 de abril estará acontecendo o maior movimento de revolução da moda do mundo em 75 países e também em várias cidades do Brasil que fazem parte da rede global de revolução, simultaneamente. É a Fashion Revolution Week 2024 que este ano comemora 10 anos de ativismo com 10 dias de ação.

Fashion Revolution é um movimento pensado para gerar uma reflexão sobre a indústria da moda. A iniciativa surgiu após o desabamento dos noves andares do edifício Rana Plaza, na capital de Bangladesh, onde milhares de pessoas trabalhavam, em condições precárias, para a indústria da moda. A tragédia gerou o falecimento de mais de 1.000 pessoas (e mais de 2.500 feridos), em meio a máquinas de costura e tecidos. Com o acontecimento, em 24 de abril de 2013, foi proclamado o Fashion Revolution Day, que acontece anualmente desde então. Além da data para refletir sobre sustentabilidade e consumismo, a semana também envolve uma série de iniciativas.

Campo Grande em ação

Pelo segundo ano consecutivo, a Cidade Morena se conecta ao movimento. A representante Fashion Revolution Campo Grande, Laís Dantas, a Lala como é conhecida por todos, organizou uma agenda de ações em conjunto com pessoas atuantes da moda na Capital. Serão 10 dias de oficinas, rodas de conversas, encontros, atividades ao ar livre, aprendizado, reflexões e atrações artísticas que incluem o Desfile Manifesto que vai entregar um espetáculo com muita moda consciente. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público geral. A união da força e da iniciativa de todas as pessoas atuantes no evento tornará possível a missão partilhada de construir uma indústria da moda que proteja os seus trabalhadores e o ambiente. Cada um tem um papel importante no movimento, desde liderar comícios e desenhar cartazes até ensinar habilidades e arrecadar fundos. Quando tomamos medidas individuais em conjunto, aproveitamos o poder do coletivo; nossa voz ficará alta demais para ignorar a Semana de Revolução da Moda.    

Fashion Revolution Week Campo Grande – MS conta com os apoios da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul, SETESC, Governo do Estado, Prefeitura de Campo Grande, SENAC Hub Academy, Fecomércio MS, SENAC, Casa de Ensaio, Grupo Casa e Cervejaria Capivas.

Qual o propósito do Fashion Revolution?

A ideia é que as pessoas de todo o mundo possam se perguntar: “quem faz as minhas roupas”? Aliás, nos últimos anos a hashtag #whomademyclothes (quem fez as minhas roupas) vem demonstrando a preocupação coletiva com a questão e movimentando as redes sociais.

Mais do que isso, a iniciativa convida para um questionamento sobre os processos produtivos e a necessidade de inovação inerente ao fast fashion e também à falta de transparência e segurança da indústria fashion em alguns lugares do mundo.

Com a visão de que é necessário potencializar a criatividade e a inovação para os processos produtivos, o Fashion Revolution busca garantir que a indústria da moda mundial tenha um funcionamento seguro, sustentável e ético.

Agenda:

15/04

19h às 21h

Local: Casa de Ensaio. R. Visc. de Taunay, 203 – Amambai

RODA DE CONVERSA: “PRESSÃO ESTÉTICA, MODA E SAÚDE MENTAL” Com Moragana Maia, Talita Vieira, Maria Holosback e Julia Gambim.

18/04

13h às 15h

Local: Central de Economia Criativa. R. Mal. Rondon, 1500. Centro.

OFICINA DE VITRINE DIGITAL PARA BRECHÓS. Com Wity Prado.

18/04

15h30 às 17h

Local: Centro de Economia Criativa. R. Mal. Rondon, 1500. Centro.

OFICINA DE FOTOGRAFIA DIGITAL. Com Kaique Transgrafias

19/04

19h às 20h30

Local: Escadaria Orla Morena

DESFILE MANIFESTO

20/04

14h30 às 18h

Local: Praça do Preto Velho

OFICINA DE ACESSÓRIOS COM MATERIAIS RECICLADOS. Com Júlia Delphino

+ DJ NAJJA + CIA APOEMA

24/04

13h às 17h

Local: Teatro Grupo Casa. R. Visc. de Taunay, 306 – Amambai.

OFICINA DE PRECIFICAÇÃO DE PRODUTOS E CRIAÇÃO DE COLEÇÃO. Com Luane Sales

24/04

19h às 21h

Local: Capivas Cervejaria. R. Pedro Celestino, 1079 – Centro.

RODA DE CONVERSA: “CONSUMISMO, RESÍDUOS TÊXTEIS E COLETIVIDADE”. Com Eclair Silva, Dayane Pereira e Kaylyan Tiviroli

16, 17, 22 e 23/04

13h às 17h30

Local: Senac Hub Academy. R. do Parque, 75 – Centro.

OFICINA DE UPCYCLING. Com Luiz Gugliatto.

Informações e inscrições gratuitas através do Instagram: @lalacry_