Oscar francês premia Kristen Stewart, Sean Penn e filme sobre Salgado

Filme "O sal da Terra" sobre o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado recebeu o prêmio de melhor documentário
| 21/02/2015
- 17:14
Oscar francês premia Kristen Stewart, Sean Penn e filme sobre Salgado

Filme “O sal da Terra” sobre o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado recebeu o prêmio de melhor documentário

A jovem Kristen Stewart, de 24 anos, tornou-se nesta sexta-feira (20) a primeira atriz americana a conquistar um César, considerado o do cinema francês. Em cerimônia realizada no Théâtre du Châtelet, em Paris, ela foi reconhecida por seu papel de coadjuvante em “Acima das nuvens”, de Olivier Assayas. No filme, Kristen é Valentine, jovem assistente da atriz Maria Anders, protagonizada pela francesa Juliette Binoche.

Outro destaque da cerimônia ficou por conta do ator, diretor e produtor americano Sean Penn, que recebeu o prêmio de honra pelo conjunto de sua carreira. “O cinema francês sempre foi um refúgio”, comentou – em inglês – Penn, que foi muito aplaudido no teatro de Chatêlet.

Ele recebeu o troféu das mãos da atriz francesa Marion Cotillard. “Sean, a França te ama e sabe que você também a ama”, disse Cotillard, que o descreveu como “um homem livre que se rebela, que questiona”.

O filme do alemão Win Wenders e Juliano Ribeiro Salgado “O sal da Terra” sobre o fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado recebeu o prêmio de melhor documentário. A produção, apresentada no último Festival de Cannes, ganhou o prêmio especial do júri da seção “Um Certain Regar”, e também foi indicado na categoria melhor documentário na 87ª edição do Oscar, que acontece neste domingo.

Confira a lista dos vencedores nas principais categorias:

Melhor filme:
– “Timbuktu”, de Abderrahmane Sissako

Melhor diretor:
– Aberrahmane Sissako, por “Timbuktu”

Melhor atriz:
– Adèle Haenel, em “Amor à primeira briga”

Melhor ator:
– Pierre Niney, em “Yves Saint Laurent”

Melhor atriz coajuvante:
– Kristen Stewart, em “Acima das nuvens”

Melhor ator coadjuvante:
– Reda Kateb, em “Hippocrate”

Melhor revelação feminina:
– Louane Emera, em “La famille Bélier”

Melhor revelação masculina:
– Kévin Aza¯s, em “Amor à primeira briga”

Melhor filme estrangeiro:
– “Mommy”, dirigido por Xavier Dolan

Veja também

Confira o trailer de Carros na Estrada e pesque as referências

Últimas notícias