Uma imensa sucuri de barriga cheia apareceu morta neste sábado (29) na beira de um trecho da rodovia MS-145, em Mato Grosso do Sul. Vários sul-mato-grossenses e viajantes que passaram pelo local neste fim de semana registraram imagens da serpente morta e encaminharam ao Jornal Midiamax.

Em um dos vídeos, o Robson Ramos mostra em detalhes a carcaça da sucuri. “Dá uma olhada no tamanho dessa sucuri que a gente encontrou já morta, na rodovia que vai para Ipezal, Deodápolis, Glória de Dourados… uma gigante. Deve dar o que? Uns 6 ou 7 metros”, inicia ele.

Veja:

Os vestígios dão a impressão de que a sucuri havia engolido uma presa e, por isso, estava de barriga cheia, com pouca energia para se locomover com agilidade, ficando vulnerável a atropelamentos na estrada.

“Parece que acabou sendo alcançada por um caminhão ou outro veículo pesado que passou por aqui. Gigante a menina”, detalha o responsável pela gravação.

Morte de sucuri nas proximidades de onde a Globo gravou Terra e Paixão

A conclusão inicial é que só um veículo pesado seria capaz de passar por cima da enorme cobra a ponto de danificá-la de tal forma. No entanto, ainda não se sabe se a morte da sucuri foi criminosa, ou se o animal morreu vítima de um acidente.

De acordo com o homem responsável pelo vídeo acima, os restos mortais foram encontrados em uma rodovia não tão movimentada de Mato Grosso do Sul, mas que vai ficar famosa.

“Porque é nas proximidades de onde a Globo gravou a novela Terra e Paixão [no mês de fevereiro]. Se bem que essa aqui podia com certeza aparecer na novela Pantanal que daria certo”, brinca Robson Ramos, fazendo referência ao personagem Velho do Rio (Osmar Prado), que se transformava em uma sucuri.

“Já está em decomposição, muitas moscas por aqui. Um animal e tanto, uma que tenha sido atropelada”, lamenta o narrador, acreditando no acidente.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok