Já conhecida pela , a família do Ken humano da afirma ter sido testemunha de outro milagre. É que o olho machucado do gatinho Garfield se recuperou em meio aos apelos da matriarca Cristiane Santos Barbosa. Após a recuperação, o mesmo olho ainda mudou de cor, surpreendendo os familiares.

Em conversa com o Jornal Midiamax, Luan Staab dá mais detalhes e explica direitinho essa história inusitada. “Meu gatinho apareceu em casa com olho furado depois de brigar com outro gato. Começou a escorrer um líquido [do olho] e chegou a sangrar. Até que o levamos no veterinário, que nos disse que não havia mais o que fazer e só passou um colírio, que não ia adiantar muito”, relata o jovem de 21 anos, conhecido como Ken humano da Vila Nasser.

“Minha mãe ficou desapontada ao ouvir isso do veterinário, porque o Garfield é nosso xodó. Nós temos vários gatos, mas ele é o nosso preferido. Então ela fez uma promessa pra São Roque, protetor dos animais, dizendo que colocaria ração para os gatinhos da rua, porque tem muitos aqui na rua de casa. Ela também terá que construir um santuário no canil dos cachorros e colocar a imagem do santinho”, revela Luan.

Cristiane Barbosa é a mãe de Luan, jovem conhecido como Ken humano em Campo Grande - (Fotos: Arquivo Pessoal)
Gato teve olho furado por outro animal – (Fotos

Veterinário não acreditou, conta o Ken da Vila Nasser

Conforme o morador da Vila Nasser, a fé de Cristiane teve poder para curar o animal. “Depois que ela benzeu o Garfield e fez a promessa, em três dias, olho dele foi se regenerando de novo. Já tava murcho, mas até a cor mudou, ficou laranja escuro, e ele voltou a enxergar pelos dois olhos. Levamos o Garfield de volta no veterinário e o médico perguntou ‘mas como, se o olho dele já estava murcho?’, minha mãe falou ‘foi milagre'”, diz o Ken.

Contudo, para especialistas, a mudança de cor pode ser um processo normal após o olho de determinado animal ser machucado. Conforme a veterinária oftalmologista Letícia Mônaco “a alteração na cor pode ocorrer sim. Mas não pelo uso de colírios e sim pelo processo inflamatório que esse olho sofreu”.

Como era e como ficou - (Fotos: Arquivo Pessoal)
Como era e como ficou – (Fotos: Arquivo Pessoal)

Mãe do Ken humano da Vila Nasser tem histórico de promessas e de fé

Garfield, o gatinho dessa história, tem 6 anos de idade, mas só chegou há oito meses na família de Luan. “Foi uma mulher que doou ele para gente porque ele brigava muito com os outros gatos. Essa mulher tem uma e perguntou se a minha mãe queria ele. Virou o xodó da família”, comenta.

Mas a recuperação da visão do gato foi apenas uma das manifestações de fé da matriarca de 38 anos. Ao falar sobre Cris, Luan se emociona e revela que precisou usar cadeira de rodas no passado, até que a crença de sua mãe o fez levantar novamente.

“Quando eu tinha 6 anos, desenvolvi uma doença que fez um osso da minha perna ficar gelatinoso. Eu não podia fazer esforço que o osso saía do lugar. Na época, precisei fazer tratamento, exames caros e minha mãe e meu padrasto sempre me ajudaram sozinhos. Eu poderia ficar sem andar a qualquer momento, segundo o médico”, recorda.

Cristiane Barbosa é a mãe de Luan, jovem conhecido como Ken humano em Campo Grande - (Fotos: Arquivo Pessoal)
Cristiane Barbosa é a mãe de Luan, jovem conhecido como Ken Humano em Campo Grande – (Fotos: Arquivo Pessoal)

Luan então começou a usar um aparelho na perna e também precisou ficar em uma cadeira de rodas. Para a mãe, ver o filho naquele estado foi motivo de aflição. “O médico passou um aparelho pra ele usar, ficou parecendo um robô. Aquilo me doeu muito. Depois, o doutor me chamou pra uma conversa dizendo que o Luan iria ficar numa cadeira de rodas. Olhei pra ele e falei ‘não vai’, porque minha fé era maior que aquele diagnóstico. Disse que Deus, Cosme e Damião e Nossa Senhora Aparecida iriam curar ele”, relembra Cris.

“Fiz várias promessas e os meses foram passando, até que um dia ele fez exames e o médico constatou que o problema havia sumido e o osso regenerado. O médico ficou pasmo. Falei pra ele ‘doutor, nada é impossível para os olhos de Deus’. Os olhos dele se encheram de lágrimas. Por isso, apoio muito o Luan, quero que ele realize seu sonho de ser um ator. E meu sonho é ver ele brilhando nessa área”, finaliza ela.

Fale com o WhatsApp do MidiaMAIS!

Tem algo legal para compartilhar com a gente? Fale direto com os jornalistas do MidiaMAIS através do WhatsApp.

Mergulhe no universo do entretenimento e da cultura participando do nosso grupo no Facebook: um lugar aberto ao bate-papo, troca de informação, sugestões, enquetes e muito mais. Você também pode acompanhar nossas atualizações no Instagram e no Tiktok.

Saiba Mais