Com mensagens e desenhos, técnica aposta no lettering para alegrar UTI de Campo Grande

A técnica em enfermagem percebeu que seus desenhos alegram as pessoas que passam pelo corredor
| 23/02/2022
- 19:25
A técnica em enfermagem Evelyn de Sousa Godoy faz lettering para dar leveza ao ambiente de UTI
A técnica em enfermagem Evelyn de Sousa Godoy faz lettering para dar leveza ao ambiente de UTI - (Foto: Reprodução/Unimed)

A UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um é extremamente dinâmica, com vários profissionais monitorando constantemente as condições vitais dos pacientes. É o espaço onde ficam as pessoas que se encontram em estado grave. Foi nesse cenário que a técnica em Evelyn de Sousa Godoy descobriu um talento em Campo Grande: lettering.

Lettering é a arte de desenhar letras. E foi como quem não queria nada que a profissional passou a fazer a técnica no trabalho, para alegrar pacientes e colegas de profissão em um hospital da Capital.

“Trabalhar na UTI é muito dinâmico, os pacientes são mais críticos, precisam de cuidados especiais, mas cada dia, cada paciente é um novo aprendizado. No início, mesmo sem experiência nessa área, sempre recebi bastante apoio dos meus colegas do setor e isso me ajudou muito”, afirma.

Entre prestar assistência, fazer atendimentos e cumprir plantões exaustivos, Evelyn sempre reserva um tempo para escrever mensagens de motivação e fazer belos desenhos em um painel de vidro no corretor da UTI.

“A princípio o painel servia mais para colocar algum comunicado, então eu comecei a deixar mensagens junto com alguns desenhos e, depois disso, quando não escrevia, o pessoal me cobrava: ‘essa semana não vai ter mensagem?’”, conta ela. Com o tempo, Evelyn percebeu que sua arte estava fazendo muito bem para quem passava pelo local.

“Como a mensagem fica ali durante toda semana, gosto de colocar algo que motive os colegas, eles gostam tanto que sempre me pedem para atualizar. Já tiveram casos da pessoa dizer que até pensou em uma mensagem para escrever no quadro, mas ficou com dó de apagar o que já estava lá”, conta a técnica em enfermagem, que se sente orgulhosa da atitude.   

Para o ano de 2022, ela diz quais são as suas vontades. “Quero continuar escrevendo mensagens que motivem e alegrem pelo menos um pouquinho o dia dos meus colegas e de quem passa por ali”, conta, emocionada.

Veja também

Andrea Kisser chegou a anunciar em junho que estava deixando a turnê do Sepultura pela Europa e voltando ao Brasil por uma "emergência familiar"

Últimas notícias