Ainda sem formato, desfile de carnaval é adiado para abril em Campo Grande

Decisão levou em conta a alta de contaminação por Covid-19 e H3N2 na Capital
| 19/01/2022
- 20:59
Ainda sem formato, desfile de carnaval é adiado para abril em Campo Grande
(Foto: Arquivo assessoria de imprensa)

Desde 2020, quando a pandemia de Covid-19 se alastrou por , os profissionais carnavalescos têm vivido momentos constantes de incerteza. Nesta quarta-feira (19), uma nova decisão alterou os planos das escolas de samba de Campo Grande. Isso porque o desfile de carnaval das entidades, que já estava firmado e com previsão para fevereiro, acabou sendo adiado para abril.

Quem confirmou essa informação ao Jornal Midiamax foi o presidente da Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande), Alan Catharinelli. Segundo o representante, a decisão foi tomada em consenso com a e Fundação de de Mato Grosso do Sul (FCMS), levando em conta o alto índice de contaminação por Covid-19 e H3N2 que assola o Estado atualmente.

Previamente marcado para 27 e 28 de fevereiro, e 1º de março, agora, o desfile vai acontecer nos dias 20, 21 e 22 de abril.

“A Liga, o secretário de Cultura Max Freitas e o presidente da FCMS, o Cegonha, fizemos vária reuniões com os presidentes das escolas de samba e preferimos adiar os desfiles por causa da alta dos casos de Covid. Nós estamos trabalhando e investindo desde o ano passado. Realizando o desfile no mês de abril, nós vamos tomar todas as medidas protetivas com planos de biossegurança ao lado da prefeitura”, afirmou Alan.

Apesar do desfile estar confirmado e com nova data, a Lienca afirmou, também, que ainda não há nada concreto sobre o formato em que será realizado. Anteriormente, conversava-se sobre a possibilidade de realizar o evento com transmissão online. Depois, foi pensado em um espaço específico e a possibilidade de ter público presencial. Porém, uma vez que o cenário do coronavírus varia constantemente, o planejamento do desfile de carnaval, também.

Alan Catharinelli afirmou que as escolas continuarão os trabalhos e vão refazer os contratos para a realização do desfile em abril. No mesmo mês, a Lienca, Prefeitura e FCMS vão ‘bater o martelo’ sobre o formato.

 “Estamos tomando esse cuidado para repassar para a comunidade, sempre considerando a saúde da população”, completa o representante das entidades carnavalescas da Capital.

 

Veja também

A feira de economia criativa será realizada no próximo sábado (21), das 16h às 21h, bairro Santa Fé

Últimas notícias