MidiaMAIS

Tá confirmado: escolas de samba vão desfilar no carnaval de 2022 em Campo Grande

Lienca e o poder público seguem estudando um novo formato e local para conseguir manter a biossegurança dos foliões

Nathália Rabelo Publicado em 06/01/2022, às 14h50

None
(Foto: Assessoria / Prefeitura Municipal)

Depois de muitas incertezas acerca de como será a folia de 2022 após o cancelamento do carnaval de rua, a Lienca (Liga das Entidades Carnavalescas de Campo Grande) confirmou a realização do desfile das escolas de samba na Capital.

Segundo informado ao Jornal Midiamax pelo presidente da Liga, Alan Catharinelli, nessa quarta-feira (5), o desfile de carnaval está confirmado em Campo Grande. No entanto, a Lienca e o poder público seguem estudando um novo formato e local para conseguir manter a biossegurança dos foliões.

“A Liga e as escolas de samba estiveram reunidos com o secretário da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo), Max Freitas, onde confirmamos a realização dos desfiles das escolas de samba, mas que ainda estamos estudando o local para realizar”, disse Alan. Assim, as escolas de samba seguem ensaiando e trabalhando na confecção das fantasias e alegorias.  

Em dezembro do ano passado, logo após o carnaval e rua ter sido cancelado em 2022, as escolas de samba ficaram surpresas com a notícia. Então, tentaram buscar novas formas de como poderiam manter a tradicional festa. Na época, as respostas ainda não estavam muito claras.

A própria Lienca aguardava reuniões para discutir e estruturar um possível novo formato para o desfile, mas dessa vez, possivelmente, em um local fechado e com transmissão online.

“Estamos estudando tudo isso para que a gente possa manter a tradição da nossa cultura carnavalesca, para não deixar o nosso samba, nosso carnaval ser realizado. A gente trabalha muito, vivemos um período muito difícil, mas sempre fomos solidários em toda a situação pandêmica”, disse o presidente ao Jornal Midiamax na época.

Agora, o cenário é outro e o desfile vai ser realizado na Capital. No entanto, apesar da confirmação do desfile, ainda não foi afirmado se haverá abertura ou limitação para o público presencial, nem se vão manter a ideia inicial de transmitir o evento em lives. Segundo o presidente da Liga, esses assuntos ainda estão sendo discutidos com os gestores.

Jornal Midiamax