Livro muito aguardado por quem aprecia a história da cidade com detalhes, o “Marcos e Monumentos Históricos de Campo Grande” será lançado nesta quinta-feira (10), às 19h, na Plataforma Cultural.

A terceira edição catalogou, ao todo, 66 locais importantes para a história da capital sul-mato-grossense e já estava sendo muito aguardada por profissionais que atuam no campo do patrimônio cultural e também por aqueles campo-grandenses apaixonados pela cidade.

Com esforços da Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) e apoio da FCMS (Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul) e IHGMS (Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso do Sul), os exemplares foram sendo catalogados ano e ano. De início, eram somente 26 e hoje são 66.

Monumentos não eram catalogados há 16 anos, diz gerente

Conforme a gerente de Patrimônio Cultural, Joelma Arguelho, a edição de 2003 falava em 26 monumentos. Três anos depois, foi lançada a segunda edição, com 28 esculturas. Há 16 anos, portanto, não havia atualizações.

“Observando essa lacuna de material bibliográfico, principalmente acerca dos monumentos que surgiram após a última publicação, foi que surgiu, há quase dois anos, o anseio por uma nova publicação”, explicou Joelma Arguelho, gerente de Patrimônio Cultural e responsável pela organização da terceira versão.

Foto: Prefeitura/Divulgação

No caso destes 66 marcos e monumentos, todos estão localizados fisicamente, registrados e catalogados com informações como data de construção e autoria. Um detalhe interessante é que todos estão dispostos em ordem cronológica, com a intenção de facilitar a consulta.

Para isso, foram incluídas 23 biografias de autores e escultores das obras, o que permitiu um maior detalhamento técnico e até mesmo a motivação da criação de cada um. Ao falar sobre o assunto, o secretário municipal de Cultura e Turismo, Max Freitas, comentou que o livro é fundamental nos aspectos de preservação da nossa história e de produção de material turístico.

“Muitos dos monumentos construídos em Campo Grande fazem referência a figuras importantes no desenvolvimento de nossa cidade e que nem sempre são conhecidas pelas pessoas. Então esse material é riquíssimo para que a população saiba mais sobre nossas origens, ao mesmo tempo que servirá como uma guia para aqueles que visitam a cidade e procuram locais para visitar”.

No lançamento, serão distribuídos 100 livros

A partir desta quinta-feira (10) o arquivo para download estará disponível no site da Sectur. Já no lançamento, serão distribuídos 100 volumes do livro em versão física.

O evento começa às 19h, na Plataforma Cultural, localizada na Avenida Calógeras, nº 3.015, Centro.