Policiais Militares Ambientais do Destacamentodo Km 21 (Distrito Águas do Miranda-Bonito-MS), em patrulhamento fluvial no rio Miranda, autuaram hoje (14) dois pescadores com 67 kg de pescado ilegal.

Em um local denominado “Pousada do Dedé”, os policiais apreenderam 17 kg de pescado das espécies dourado e pacu, com um morador local, que havia capturado os exemplares em tamanhos inferiores ao permitido pela legislação. O pescador foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 1.040,00.

Em outro pesqueiro denominado “Boa Sorte”, os policiais aprenderam mais 50 kg de pescado, que estavam com um turista paulista, residente em Paulínia (SP), que pescava sem licença e ainda havia capturado pescado acima da cota permitida pela legislação. A cota para cada pescador é de 10 kg mais um exemplar e 05 exemplares de piranha. O pescador foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 1.300,00.

Ambos os pescadores responderão por crime de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção.