Pesquisadores britânicos afirmam ter descoberto porque mulheres correm muito menos risco de sofrer um ataque cardíaco antes do 50 anos do que homens da mesma faixa etária. A explicação seria que o estrogênio, o hormônio feminino, impediria o bloqueio das artérias permitindo a circulação do sangue. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

Os cientistas da Universidade de Londres dizem que a teoria explicaria porque as mulheres passam a correr mais risco de sofrer paradas cardíacas após a menopausa, momento em que há um declínio na produção do estrogênio. Antes da menopausa, a ocorrência de doenças do coração e ataques cardíacos em mulheres é consideravelmente menor do que nos homens, mas quando as mulheres passam dos 50 anos, a incidência dos problemas se iguala aos níveis verificados entre homens.

Apesar de verificada a relação entre o estrogênio e o comportamento sanguíneo, cientistas ainda não sabem se o hormônio poderia ser utilizado em drogas para prevenir doenças do coração, já que o hormônio também pode aumentar o risco de alguns tipos de câncer. A especialista Suchita Nadkarni, que coordenou a pesquisa na universidade, afirmou que independente da possibilidade de surgirem novas drogas, “entender a maneira como corpo evita doenças do coração naturalmente é vital para o desenvolvimento de novos tratamentos”.