Judô: Guilherme Schmidt conquista ouro no Grand Slam de Budapeste

Judô: Brasiliense garante 2º pódio brasileiro após a prata de Rafaela Silva
| 10/07/2022
- 09:05
Judô
Judô: Schmidt foi ouro na categoria até 81 kg. Foto: Tamara Kolumbegashvili/JF/Divulgação

O brasiliense Guilherme Schmidt conquistou, neste sábado (9), a medalha de ouro da categoria até 81 quilos do Grand Slam de Judô de Budapeste (Hungria). A competição, que iniciou na sexta-feira (8), marca o começo da contagem de pontos no ranking olímpico, que definirá os classificados aos Jogos de (França), em 2024.

Na final, Guilherme levou a melhor sobre Saeid Mollaei, que representa o Azerbaijão, foi campeão mundial pelo Irã (país em que nasceu) em 2018 e vice olímpico em Tóquio (Japão), no ano passado, pela Mongólia. Mollaei estourou o limite de três shidos (punições) durante o combate. O brasiliense de 21 anos venceu outros quatro rivais no caminho até a decisão, entre eles o turco Vedat Albayrak, número três do ranking da Federação Internacional de Judô (IJF, sigla em inglês).

Foi o segundo título de Grand Slam de Guilherme em 2022. Em abril, ele já havia conquistado a etapa de Antalya (Turquia). Com o ouro, o brasileiro somará mil pontos no ranking e deve subir do sexto para o quarto lugar da categoria.

Além do brasiliense, a carioca Rafaela Silva também foi ao pódio em Budapeste. Na sexta, a campeã olímpica na Rio 2016 chegou à final da categoria até 57 quilos, mas foi vencida pela japonesa Haruka Funakubo, também por acúmulo de três shidos.

Apesar da derrota, Rafaela somará 700 pontos no ranking e retomará um lugar entre as dez primeiras colocadas da categoria, na próxima atualização. Ela, atualmente, aparece na 11ª posição. Vale lembrar que a brasileira cumpriu uma suspensão de dois anos por doping e voltou a lutar somente em abril.

O Brasil participa do Grand Slam de Budapeste com 21 judocas. Quatorze já foram ao tatame, mas somente Rafaela, Guilherme e Ketleyn Quadros (que foi superada pela venezuelana Anriquelis Barrios, neste sábado, na disputa pelo bronze) brigaram por medalhas. Os sete atletas restantes lutam neste domingo (10), a partir de 6h (horário de Brasília). O evento pode ser acompanhado pelo site oficial da IJF.

Veja também

Jogador está apto para estrear pelo Santos no próximo domingo

Últimas notícias