Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia terá etapa em Campo Grande

As partidas acontecerão em arena montada no Parque das Nações Indígenas, de 7 a 10 de julho
| 01/04/2022
- 16:22
Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia terá etapa em Campo Grande
Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

Campo Grande foi confirmada como sede de etapa do Circuito Brasileiro de (CBVP) adulto 2022, com disputas do Aberto e Top 8. As partidas acontecerão em arena montada no Parque das Nações Indígenas, de 7 a 10 de julho.

A Capital de MS candidatou-se para sediar uma das fases da competição por meio de solicitação do Governo do Estado, por meio da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), junto à Federação Estadual de Voleibol (FVMS).

Segundo o gerente da Unidade Vôlei de Praia da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Guilherme Marques, a experiência em receber de grande porte foi determinante na escolha por Mato Grosso do Sul. O dirigente reuniu-se com a diretoria da presidência da Fundesporte no começo de março. “Aqui chama a atenção porque já tem um histórico de passagem do vôlei de praia, é um estado que tem experiência em receber eventos desse nível. Entendemos também que tem um público muito acolhedor, que gosta de vôlei de praia”.

“Estamos muito animados em receber novamente grandes duplas do nosso vôlei de praia aqui no estado. Esse reconhecimento da CBV também nos deixa muito orgulhosos, é um voto de confiança pelo trabalho realizado pela Fundesporte em torneios nacionais anteriores”, enfatiza o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

Para o presidente da Federação de Voleibol de Mato Grosso do Sul (FVMS), José Amâncio da Mota, o “Madrugada”, quem ganha são os amantes do esporte. “Teremos aqui na nossa terra, no Parque das Nações Indígenas, a oportunidade de ver de perto os atletas que representaram o Brasil nas últimas Olimpíadas e os possíveis representantes em Paris-2024. Sem dúvidas, será um espetáculo, com grandes jogos”.

A partir da temporada 2022, Circuito Brasileiro passa a ser dividido em duas competições por etapa. De acordo com a CBV, o campeonato Aberto reúne as duplas entre o 8º e o 13º lugar no ranking nacional entre os inscritos, além de dois convidados e até oito parcerias classificadas pelo torneio qualifying (qualificatório). Esse sistema permite jogos mais nivelados, entre duplas de ranqueamento mais próximo.

Já o Top 8 será disputado pelas sete duplas mais bem ranqueadas, mais um convidado especial: o campeão do Aberto anterior, que ganha o wild card como bônus pela performance. Esta é uma forma de estimular a renovação da modalidade, já que todas as duplas podem brigar por uma vaga no Circuito Mundial.

Ao todo, a temporada conta com 10 etapas do Top 8 e 15 do Aberto. As etapas adicionais do Aberto também servirão como oportunidade de desenvolvimento e experiência, substituindo as etapas do Circuito Challenger.

Veja também

O Guarani perdeu mais um duelo direto contra a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro...

Últimas notícias