O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) julgou nesta segunda-feira (13) o recurso que retirou seis pontos do Corumbaense, que inicialmente foi determinado pelo TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul). O tribunal manteve a punição e deixa o clube classificado para a próxima fase do Campeonato Estadual.

Com a decisão mantida, o Carijó permaneceu na primeira divisão e de quebra, termina na oitava colocação da competição sul-mato-grossense. O resultado determina que o clube enfrente o Aquidauanense, primeiro colocado do campeonato, na segunda fase da competição, que está paralisada por conta da pandemia do novo coronavírus.

O Pontaporanense era o principal interessado. Ainda no início desta semana, o clube ingressou com recurso para pedir o rebaixamento do Corumbaense com a possível escalação irregular e se aproveitar da oportunidade para fugir do descenso.

O caso

Em março deste ano, o Corumbaense foi julgado pelo TDJ-MS pela escalação irregular do lateral Vandinho, que foi expulso quando jogava pelo Comercial, em partida contra o Aquidauanense na semifinal do Estadual do ano passado. Na ocasião, o clube pantaneiro perdeu 16 pontos e acabou inicialmente rebaixado para a segunda divisão do Estadual.

Poucos dias depois, o Corumbaense ingressou com recurso e conseguiu reduzir a punição de 16 para 6 pontos, o que beneficiou o time Carijó com a classificação na próxima fase.