“Sonho antigo e irmandade”: rota bioceânica trará centenas de empregos e desenvolvimento na fronteira de MS

Ponte fará a integração entre 4 países e deve gerar emprego e muitas oportunidades
| 19/12/2021
- 11:45
“Sonho antigo e irmandade”: rota bioceânica trará centenas de empregos e desenvolvimento na fronteira de MS
Marcos Ermínio/Midiamax

O que era antes considerado um “sonho antigo” agora tornou-se realidade: a rota bioceânica, que passará pelo Brasil, Paraguai, e Chile, sendo um corredor rodoviário com extensão de cerca de 3 mil quilômetros. Ao mesmo tempo, o projeto traz a construção da ponte sobre o Rio Paraguai, com a possibilidade de centenas de vagas de emprego e oportunidades em Porto Murtinho (MS) e Carmelo Peralta (PY). 

whatsapp image 2021 12 18 at 17.22.25 1 - “Sonho antigo e irmandade”: rota bioceânica trará centenas de empregos e desenvolvimento na fronteira de MS
Dono de farmácia diz que expectativa é de muito desenvolvimento para a cidade.
Foto: Marcos Ermínio/Midiamax

Com letreiros espalhados pela cidade, ressaltando que o município brasileiro é o “Portal da Rota Bioceânica”, a expectativa é de obras que se estenderão pelos próximos três anos, com ao menos 5 mil oportunidades de emprego e geração de renda. O lançamento da obra, com a pedra fundamental, estava previsto para o último dia 13, porém, devido ao mau tempo, o presidente Jair Bolsonaro não esteve presente e a nota data prevista ficou marcada para o dia 21 de janeiro de 2022. 

“Eu tinha a farmácia aqui em um espaço de 80 m² e agora saltei para 220 m². Estou na sede nova há 5 meses e a expectativa é de muito desenvolvimento para a cidade. A gente espera que as coisas melhorem muito e já estamos vendo uma grande movimentação por aqui. Aqui é uma cidade histórica, de 110 anos de idade, se eu não me engano, já estava na hora de olharem mais para cá”, disse o empresário Sidney Marques Pereira, de 43 anos. 

A assistente social Elaine Mendes, de 34 anos, comenta que gosta muito de morar em Porto Murtinho e avalia pontos “positivos e negativos” no projeto da rota bioceânica. 

“Teremos bastante movimento na cidade a partir de agora e a gente percebe ao ver que os hotéis estão sempre lotados. É bem legal também que a população daqui é bem acolhedora e o desenvolvimento vai caminhar junto, com movimento maior no comércio. Agora o que é preocupante é que, possivelmente, não teremos controle de todas as pessoas que vão circular por aqui”, comentou.

whatsapp image 2021 12 18 at 17.22.25 3 - “Sonho antigo e irmandade”: rota bioceânica trará centenas de empregos e desenvolvimento na fronteira de MS
Dona de sorveteria diz que expectativa por melhorias é grande. Crédito: Marcos Ermínio/Midiamax

A comerciante Kelly dos Santos Silva, de 30 anos, também ampliou o estabelecimento comercial dela e comenta que a expectativa por melhorias é grande. “Eu sou gaúcha e vim para montarmos a fábrica de sorvete aqui. O meu marido é do Exército, foi transferido para cá e aí nós investimos na cidade. Somos um casal novo, gostamos de desafios e acho que a rota vai nos ajudar bastante”, argumentou. 

Construção da ponte deve iniciar em breve, diz prefeito

O prefeito de Porto Murtinho, (PSDB) disse ao Jornal Midiamax que as obras devem começar em breve. “A questão da ponte demorou demais por conta da ordem de serviço para a construção da ponte mais a ordem de serviço da licitação da BR -267 até a ponte. Só nesse trecho são 14 km e no meio terá o Centro Aduaneiro, onde vão instalar diversos órgãos públicos”, explicou. 

whatsapp image 2021 12 18 at 17.22.26 1 - “Sonho antigo e irmandade”: rota bioceânica trará centenas de empregos e desenvolvimento na fronteira de MS
Construção da ponte deve gerar ao menos 5 mil empregos na região, diz prefeito. Foto: Marcos Ermínio/Jornal Midiamax

Com as obras, Cintra ressalta que a expectativa é de ao menos 5 mil vagas de emprego.  “Esse projeto vai gerar muito emprego e renda para milhares de pessoas e é algo muito importante para Porto Murtinho, uma cidade empreendedora. Nós fizemos convênios também de capacitação das pessoas, principalmente para melhorar o conhecimento, ter mão de obra qualificada e incluir estas pessoas neste projeto e não somente gente de fora. Será um grande projeto”, finalizou. 

Ponte bioceânica

A Ponte Bioceânica terá um comprimento de 680 metros, duas pistas de rolagem de veículos de passeio e caminhões, com 12,5 metros de largura, e duas passagens nas laterais, com 2,5 metros cada uma, para o trânsito de pedestres e ciclistas. 

O valor contratado para a obra é de 616.386.755,744 guaranis, o que equivale a quase meio bilhão de reais, a serem pagos pela Itaipu Binacional. As empresas vencedoras terão 1.080 dias para concluir o empreendimento.

Entre outros detalhes, a ponte foi pensada para não atrapalhar as embarcações, terá ciclovia e um projeto antissuicídio.

whatsapp image 2021 12 18 at 17.22.25 - “Sonho antigo e irmandade”: rota bioceânica trará centenas de empregos e desenvolvimento na fronteira de MS
Letreiros na cidade colocam Porto Murtinho (MS) como "porta de entrada" para a rota bioceânica. Foto: Marcos Ermínio/Midiamax

Segundo o engenheiro e assessor especial da diretoria e coordenação executiva da Itaipu na margem do Rio Paraguai, Benitez Estigarribia Pompilio, a ponte será majestosa. Ele ressalta ainda que a Itaipu financia o projeto e explica como funciona o antissuicídio. “É a colocação de barreiras recobertas com material antissuicidante e bastante curvatura para quem tenta subir e se atirar não consiga”.  O sistema é semelhante à ponte de La Amistad.

Além disso, a ponte vai ter iluminação de primeira qualidade e sensores elétricos. “Os sensores vão ser utilizados para controlar como está se comportando cada ponto da ponte e verificar qualquer possível falha em cabos que em seguida já vai ser corrigida”.

Conforme Benitez, a ponte da Rota Bioceânica vai ter 22 metros acima do rio, para não atrapalhar a logística. “É um projeto desde 2006, envolvendo 600 pessoas de forma direta e hoje é uma realidade”, ponderou. 

 

Últimas notícias