Empréstimo para negativados: conheça opções para quem está com nome sujo

Bancos oferecem condições para esse público
| 24/01/2022
- 14:28
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Divulgação

Obter um empréstimo tem se tornado cada vez mais difícil, diante do aumento da inadimplência e crise econômica. Porém, há opções de crédito para quem está com nome sujo. Confira nessa reportagem bancos que oferecem empréstimo para negativados em 2022.

Assim, dados oficiais indicam que 48% dos brasileiros estão negativados. Isso criou um nicho de público para as financeiras, que passaram a oferecer linhas de crédito para quem está com 'nome sujo'.

Simplic

Empréstimo para negativados da Simplic tem como objetivo tornar viável o acesso ao crédito para esse público. A taxa de juros é variável de 15,8% a 17,9% a.m, com valores entre R$ 500 a R$ 3.500.

BMG

Outra opção de empréstimo é o crédito oferecido pelo BMG. A vantagem é que a contratação é feita de forma prática e com pouca burocracia.

O banco não faz consulta a serviços de proteção de crédito como SPC ou Serasa. Entretanto, a linha de crédito é voltada a aposentados e pensionistas do , investidores e servidores públicos.

A taxa de juros é de 3,63% a.m. e a própria instituição realiza análise do perfil e necessidades do interessado para definir a quantia que será liberada.

Crefisa

Na mesma linha do BMG, o empréstimo para negativados da Crefisa também é voltado para aposentados e pensionistas do INSS e servidores públicos.

A taxa de juros cobrada é determinada pela própria Crefisa e o valor liberado também depende de análise do banco.

SerasaCred

Uma das possibilidades é oferecida pelo próprio Serasa, que pode ser feita pelo próprio site do SerasaCred. Dessa forma, é possível emprestar com valor máximo de R$ 30 mil.

O empréstimo pode ser pago entre 6 e 48 meses. A quantidade pode ser definida pelo próprio usuário. A solicitação é analisada e, se aprovada, o interessado recebe a confirmação pelo próprio site.

Veja também

Prazo para declarar Imposto de Renda encerra no dia 31 de maio

Últimas notícias