Campo Grande terá R$ 4 milhões para programa de empréstimo a empreendedores; saiba como participar

O programa objetiva a inclusão social e produtiva, o desenvolvimento sustentável e a geração de emprego e renda entre os empreendedores individuais, formais ou informais, microempresas e cooperativas
| 30/03/2022
- 14:37
Campo Grande terá R$ 4 milhões para programa de empréstimo a empreendedores; saiba como participar
Divulgação/Funsat

A (Fundação Social do Trabalho) de Campo Grande realizou, na manhã desta quarta-feira (30), lançamento do Programa Municipal de Microcrédito Popular – Programa Avançar. O Programa consiste em uma série de empréstimos de recursos para empreendedores individuais, formais ou informais, microempresas e cooperativas, bem como acompanhamento e orientações dos beneficiários.

Para isso, serão destinados R$ 4 milhões para fomentar o empreendedorismo e contribuir na retomada do crescimento econômico local. Além disso, cerca de 10% dos recursos do Programa Avançar serão destinados às pessoas físicas ou pessoas jurídicas administradas por negros, pardos, indígenas, mulheres vítimas de violência, LGBTQIA+ e pessoas com deficiência.

O microcrédito é um empréstimo de caráter social, inclusivo e concedido de forma mais simplificada para financiamento de atividades produtivas com taxas de juros reduzidas. Durante o evento, o prefeito Trad declara que os primeiros passos já foram dados. “Para o microcrédito acontecer, tem que ter organização e projeto, com fiscalização, monitoramento e uma estrutura da própria administração pública para orientar e coordenar para garantir que esse empreendedor consiga alcançar seus objetivos sem transtornos de dívidas que muitas vezes podem causar o fechamento do seu empreendimento, isso é importante, a gente abre as portas, e as pessoas têm a condição de caminhar com as próprias pernas”, destaca.

A primeira dama Tatiane Trad relata que o programa não se resume apenas a empréstimos. “Aqui estamos lançando esse programa de maneira segura juridicamente, não é só simplesmente repassar um valor para pessoas que tem interesse em empreender, mas é um compromisso sério de que as pessoas precisam de capacitação, acompanhamento e o mais importante, dar a devida importância ao sonho daquela pessoa para que ela não fique frustrada. Por esse motivo o programa foi criado de maneira robusta juntamente com a Funsat, Sidagro que vai acompanhar todo o processo junto com esse empreendedor. Para dessa forma a gente consiga atingir o nosso objetivo, gerar renda e garantir a dignidade através do trabalho, e assim mudar a vida de muitas pessoas”, conclui.

A cabeleireira e beneficiária do microcrédito em 2007 aponta que pretende se inscrever novamente no programa para melhorar seu salão. “Quero melhorar ainda mais o espaço. Minha ideia agora é fazer um sobrado e colocar a parte da estética na parte de cima do salão. Esse é um status que vale a pena. A cliente quer um lugar bonito e aconchegante para tirar fotos e postar nas redes sociais, e a Funsat vai ajudar novamente a ampliar o meu negócio”, relata.

Como participar

O Programa acontecerá com algumas etapas até a Funsat encaminhar o empreendedor interessado ao banco que vai auxiliar na intermediação e operação da liberação do crédito. A primeira etapa acontece com a abertura das inscrições que estarão disponíveis do dia 18 ao dia 29 de abril pelo site, www.participa.campogrande.ms.gov.br. Em seguida, 200 pessoas participarão das próximas etapas.

Segundo a coordenadora de Empreendedorismo, Catyuce de Lima, após o encerramento do edital de inscrição, a equipe responsável da Fundação irá acompanhar o interessado para o preenchimento do plano de negócio, de modo a compreender o negócio onde o valor será aplicado. “Esse Programa de Microcrédito Orientado, tem essa característica de acompanhar e auxiliar esse empreendedor e levar a ele uma capacitação necessária para que ele consiga fortalecer o seu empreendimento”.

Ainda conforme a coordenadora, o comitê analisará o plano de negócio dos inscritos e apontar sua viabilidade. A partir disso, as capacitações de gestão financeira, capacidade empreendedora e marketing digital se iniciam. Em seguida, o empreendedor será encaminhado ao banco contratado para a liberação do crédito. Após a finalização das etapas, os primeiros empréstimos serão liberados.

Veja também

Últimas notícias