Cotidiano / Economia

EPE habilita 371 projetos de usinas para leilão de energia

Os empreendimentos contratados vão produzir energia a partir de 2018

Kemila Pellin Publicado em 10/08/2015, às 21h07

None
images_2.jpg

Os empreendimentos contratados vão produzir energia a partir de 2018

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE), ligada ao Ministério de Minas e Energia, informou nesta segunda-feira (10) que 371 projetos de novas usinas de geração de eletricidade foram habilitados para o leilão A-3, previsto para ocorrer no dia 21 de agosto. Os empreendimentos contratados no certame vão produzir energia a partir de 2018.

O leilão é chamado de A-3 (lê-se A menos três) porque o suprimento, pelas usinas, começa após um período de três anos. Nesses leilões, as distribuidoras contratam a energia para atender ao aumento da demanda em seus mercados nos anos seguintes.

De acordo com a EPE, os projetos habilitados somam capacidade de produção de 9,5 mil megawatts (MW), sendo a maior parte de usinas eólicas (338). Já os projetos para pequenas centrais hidrelétricas somam 17, para termelétricas a biomassa são 13 e para termelétricas a gás natural são 3.

Os estados que mais registraram projetos de energia eólica foram Bahia e Rio Grande do Norte, com 106 cada. Em seguida está o Ceará, com 58 propostas. O preço inicial do leilão será de R$ 184 por megawatt-hora (MWh) para a fonte eólica, R$ 218 para as termelétricas a biomassa e a gás natural e de R$ 216 para hidrelétricas.

Jornal Midiamax