O Programa Desenrola Brasil negociou R$ 15,8 bilhões em volume financeiro nos meses de julho, agosto e setembro, segundo dados da Federação Brasileira de (Febraban). Esse volume se refere exclusivamente à Faixa 2, no qual os débitos bancários são ajustados diretamente com a instituição financeira em condições especiais.

O período considerado foi de 17 de julho a 29 de setembro, quando 2,22 milhões de contratos de dívidas foram renegociados, beneficiando 1,79 milhão de clientes.

O balanço também contabilizou cerca de 6 milhões de registros de clientes beneficiados pela retirada de anotações negativas, que possuíam dívidas bancárias de até R$ 100 em instituições financeiras.

O presidente da Febraban, Isaac Sidney, avaliou positivamente os resultados. “A cada semana, o Programa Desenrola comprova ser instrumento importante na renegociação de dívidas bancárias, que beneficia as famílias brasileiras e, ao mesmo tempo, a economia como um todo, ao reduzir as dívidas da maior quantidade possível de pessoas”, afirma, em nota.

Saiba Mais