As continuam danificando estruturas de , a 296 quilômetros de Campo Grande. Moradores de pesqueiros próximos ao distrito Águas de reclamam de desvios levados por enxurrada. Sem acesso para área urbana, famílias estão ilhadas na zona rural, nesta quinta-feira (6).

Uma das moradoras, de 47 anos, que preferiu não se identificar, informa que há obras para as pontes, que ainda não estão com acesso liberado. Foram criados três acessos para desvio das pontes, mas segundo ela, quando chove a enxurrada destrói os trechos.

“Moro e fui criada aqui, são mais de 20 famílias que moram também. Quando não tinha asfalto, não era bom, mas tínhamos como ir e vir. Aqui estamos ilhados, todos desvios estragados. Se acontece alguma coisa, precisa de ir ao médico, como que vamos chegar na cidade?”.

Outro ponto que prejudica a região é a falta de turistas com os danos nas estradas. A mulher diz que o movimento tende a cair nos últimos dias. “Meu marido é pescador e já está muito difícil, se não passar ninguém aqui, muitos ficam desempregados”.

A familiar de um morador relata que deixam de ir para escola com a falta dos desvios, próximo do BR-345. “Nos falaram que devem consertar só depois do feriado e enquanto isso não tem mais desvios. A enxurrada levou esse desvio ontem (5), às 13h30, e ainda está sem acesso”.

Situação de calamidade pública

Em discussão única, os deputados da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) aprovaram o de Decreto Legislativo 13/23, que reconhece situação de calamidade pública no município de Bonito.

Conforme ofício enviado à Casa de Leis pelo prefeito Josmail Rodrigues (PSB), as fortes chuvas de fevereiro causaram prejuízos materiais e ambientais, danificando estradas e pontes e afetando cerca de dois mil moradores da área rural do município.

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok