Um vendaval registrado nesta segunda-feira (4) causou danos e deixou cinco municípios de sem energia elétrica. Os ventos fortes começaram por volta das 12h e atingiram as cidades de, , Nioaque, Guia Lopes, e o distrito de Vista Alegre, em Maracaju. Também foi registada queda de energia em Dourados.

Em comunicado, a Energisa informou que a ventania na região sudoeste e sul do Estado causaram a queda de duas torres de transmissão entre o município de Jardim e o distrito de Vista Alegre.

“Devido a esse incidente, os municípios de Jardim e Porto Murtinho estão atualmente sem energia. A Energisa acionou seu plano de contingência, deslocando equipes para o local”, afirmou a concessionária de energia.

Vendaval

De acordo com a , nesta segunda-feira foram registrados ventos com velocidades superiores a 100 km/h em algumas regiões do Estado.

“Estamos coletando informações junto aos Coordenadores Municipais das regiões. Segundo relatos, nossa equipe identificou ventos com velocidades superiores a 100 km/h, mas estamos verificando as informações locais”, informou o órgão.

Em , cidade localizada a 229 km de Campo Grande, foram registradas rajadas de vento com velocidade de 82,8 km/h no início da tarde de segunda-feira. Também foram observadas ventanias em Aral Moreira, com 77,4 km/h, e Sete Quedas, com 75,6 km/h.

Segundo o site Dourados News, alguns locais da cidade ficaram sem energia elétrica, e registraram quedas de árvores. Moradores relataram falta de energia na região dos bairros Cabeceira Alegre e Jardim Água Boa.

Rajadas de vento

Alerta de tempestade

Nesta segunda-feira (4), 54 cidades de Mato Grosso do Sul estão em alerta laranja devido a tempestades. O aviso indica chuvas entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 km/h) e queda de granizo.

Também há riscos de interrupção no fornecimento de energia elétrica, danos em plantações, quedas de árvores e alagamentos.

Para evitar acidentes, a Defesa Civil recomenda que, em caso de rajadas de vento, os moradores não se abriguem sob árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas, e não estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda.

Se possível, desligue aparelhos elétricos e o quadro geral de energia.

Serviço:

Para obter mais informações, entre em contato com a Defesa Civil (telefone 199) ou o (telefone 193).