Mais de 40% de crianças e jovens entre 5 e 17 anos, não estão completamente vacinados contra a Covid-19, em . Não por acaso, é este grupo que concentra a maioria dos casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), atualmente.

Dados da Fiocruz divulgados nesta sexta-feira (03), alertam para a tendência de aumento nos casos da doença em Mato Grosso do Sul nas próximas semanas. e adolescentes concentram o aumento dos casos.

Os dados do boletim elencam informações coletadas entre os dias 19e 25 de fevereiro, na semana após o e também a volta às aulas de estudantes. Os casos de síndrome respiratória estão diretamente vinculados a Covid-19, dessa forma, a tendência de aumento de casos gera alerta à população.

Dados de internação confirmam tendência

Nos primeiros dois meses de 2023, média 12 pessoas foram internadas diariamente em Mato Grosso do Sul para tratamento de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), um total de 764 internações desde janeiro. Dos casos, crianças foram a maioria dos pacientes.

Das notificações de SRAG, crianças com idades entre 1 e 9 anos representaram 24,7% do total de internações. Na sequência, crianças com até um ano (15,1%), idosos com 80 anos ou mais (13,7%), e idosos entre 70 e 79 anos (12,6%).

Saiba Mais