Funcionários do Beta Carnes, em , receberam nesta quarta-feira (19) o pagamento após 10 dias de atraso. A mediação aconteceu em reunião com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados.

Ficou acordado entre a empresa e os representantes que o salário cai na conta dos trabalhadores ainda hoje e na próxima segunda-feira (24) o adiantamento do mês.

“Até o final do mês entrega a cesta básica”, explicou o presidente do sindicato Vilson Gimenes Gregório. Pela falta da remuneração, os funcionários haviam paralisado as atividades, desde segunda-feira (17). “O abate começa sexta-feira (20)”.

Bola de neve com salário

No dia 8 de julho, 160 funcionários paralisaram as atividades em protesto ao atraso salarial. Conforme os trabalhadores, o adiantamento é pago no 5º dia útil, enquanto o salário na data que deveria cair o vale. Assim, os trabalhadores estariam recebendo uma porcentagem do pagamento por escalas, causando atraso salarial.

Dias após a dos funcionários, a empresa efetuou o pagamento de metade dos trabalhadores que paralisaram os abates. Em 15 de julho, o frigorífico comunicou que o salário do restante seria pago na segunda-feira (17), contudo, o acordo não foi cumprido.

Segundo uma funcionária que trabalha desde janeiro no local, a empresa estaria em uma “bola de neve” com os pagamentos e alega estar passando por mudanças na administração.

“Prometeram que iam pagar, mas não caiu nada. Só disseram que trocou o dono e que ele iria assumir a folha de pagamento do antigo proprietário. Mas para mim, o antigo dono está colocando outro no lugar para poder sair de fininho e não nos pagar”, disse.

Além do atraso no salário, os funcionários cobram que a empresa pague os direitos referentes ao depósito do (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) que, segundo ela, está atrasado há quatro meses.