A Santa Casa de Campo Grande emitiu um alerta nesta quarta-feira (11), após ficar ciente que criminosos estariam tentando aplicar golpes em familiares de pacientes internados no hospital da Capital.

Conforme a nota, os golpistas estão se passando por funcionários, geralmente e médicos. Os criminosos solicitam às famílias para falsos exames e procedimentos nos pacientes internados, principalmente nas UTIs (Unidade de Terapia Intensiva).

Ainda segundo o comunicado, o hospital afirma que não realiza qualquer ligação telefônica solicitando pagamentos, transferências ou depósitos.  

A Santa Casa também diz seguir a LGPD (Lei Geral de de Dados) dos pacientes e por isso, as conversas são realizadas entre médicos, familiares ou acompanhantes.

Saiba Mais