Com a alta incidência de focos de calor registrados na região do Pantanal, os incêndios florestais têm se tornado recorrentes e gerado preocupação. Na terça-feira (14), um trecho da BR-262, próximo ao Buraco das Piranhas, em Corumbá, foi tomado por fumaça e fogo e assustou motoristas que passavam pelo local.

Para evitar acidentes, a PRF-MS (Polícia Rodoviária Federal), juntamente com os bombeiros e os órgãos ambientais, tem acompanhado a situação dos incêndios na região do Pantanal. Na quarta-feira (15), condutores foram orientados a evitar os km 630 e 650 da BR-262, em Miranda, devido ao fogo.

“A orientação aos condutores é para que redobre a atenção e evitem transitar na região, principalmente no período noturno, devido à fumaça intensa, que prejudica a visibilidade, e ao risco de os veículos serem atingidos por labaredas de fogo”, informou a PRF.

queimada em campo grande
Fogo deixou condutores temerosos neste domingo – (Foto: Fala Povo, Jornal Midiamax)

Segundo a PRF-MS, nesta sexta-feira (17), não há trechos interditados na via, no entanto, os condutores devem manter a atenção redobrada devido à probabilidade de queimadas. Em 24 horas, registrou 2.108 focos de calor na região do Pantanal, 24,77% a mais que o registrado na quinta-feira (17), quando foram contabilizados 1.688 focos, que podem aumentar o risco de incêndio.

A previsão é que a situação melhore a partir de segunda-feira (20), quando as devem amenizar os focos de calor no Pantanal.

Chefe da Comunicação da PRF, Stefanie de Paula Amaral, ressalta que em situações de riscos, a orientação é acionar a polícia responsável e o Corpo de Bombeiros.

“É fundamental para que haja a sinalização do local e sejam evitados acidentes”, destaca.

Confira as orientações da PRF: