A Escola Estadual Vespasiano Martins, na região central de Campo Grande, em horário integral, dá aos alunos um intervalo de 1h30. E é justamente neste momento que entrou em cena, desde setembro de 2022, o projeto “Almoço de Quinta”, com a intenção de promover a cultura da paz no ambiente escolar. No decorrer desta semana, o trabalho foi um dos destaques do Integra 2023, da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

“A gente entende que um ambiente seguro é direito de toda criança e adolescente, mas, infelizmente, tem acontecido muitas ameaças e outros problemas que os jovens vem enfrentando. Existem múltiplas formas de violência ocorrendo todos os dias e, com este projeto, a gente buscou promover a paz dentro da escola, de uma forma que ajudasse as crianças e os adolescentes a se expressarem”, afirmou a estudante Lorena Fernandes Torres Vespasiano Martins, de 16 anos.

Apresentação do 'Almoço de Quinta' na escola. (Graziela Rezende, Midiamax)
Apresentação do ‘Almoço de Quinta’ na escola. (Graziela Rezende, Midiamax)

Assim, de acordo com a estudante, os alunos usaram o seu “direito de fala” e começaram a se expressar.

“Quando o adolescente sente que pode ser visto pela comunidade, consegue transformar sua raiva em algo muito maior, então, para promover essa cultura mesmo, da paz, de poder se expressar de outras formas, a gente promoveu este projeto durante o almoço nas escolas”, explicou.

Com isso, Lorena conta que todos os envolvidos tiveram uma “grata surpresa”. “O jovem passou a se expressar toda quinta-feira, em forma de poesia, dança, exposições artísticas, todas as formas. Isso ocorreu durante um ano e a gente viu muitas melhoras, até mesmo professores que se apresentaram nesses ‘almoços culturais’ digamos assim. E a gente viu muita melhora de que era introvertido e até passou a conversar mais, a se socializar melhor”, contou.

Por fim, sem citar nomes, Lorena ressalta que colegas com algum “histórico violento” melhoraram a convivência. “Foi muito gratificante ver tudo isto, então, a gente pretende dar continuidade, já que está sendo muito bom para ajudar os alunos e a gente espera também ser referência em outras escolas”, finalizou.

Integra 2023

Integra 2023 ocorre no Moreninho, na UFMS. (Alicce Rodrigues/Jornal Midiamax)
Integra 2023 ocorre no Moreninho, na UFMS. (Alicce Rodrigues/Jornal Midiamax)

O Integra é o maior evento de ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo do Estado.

A expectativa é reunir cerca de 10 mil pessoas até a próxima sexta-feira (27), com apresentações no Ginásio Moreninho. Confira a programação completa aqui.

Midiamax no Integra 2023:

Alunos apresentam ‘concreto verde’ na maior feira científica de MS e sonham com construções

Alunos gaúchos participam de feira científica em MS para mostrar que fruta e sílaba ‘combinam muito’

Pobreza menstrual vira tema científico para Lenita e Helena, que criaram o ‘tabuleiro sem tabu’

O que o céu indígena tem a ensinar? Jovens contam teoria de anciões na maior feira científica de MS