VÍDEO: queimadas viram rotina no Tijuca e fumaça expulsa moradores de casa

O Poblema é velho conhecido da população, mas continua sendo uma ‘dor de cabeça’ para quem convive com ele
| 09/02/2022
- 21:08
Queimada virou um incêndio no Jardim Tijuca
Queimada virou um incêndio no Jardim Tijuca, na Capital. - Reprodução

Moradores do Jardim Tijuca, em Campo Grande, denunciam as várias queimadas no bairro. O problema é velho conhecido da população, mas continua sendo uma ‘dor de cabeça’ para quem convive com a fumaça.

Conforme uma moradora, com frequência queimadas são registradas em um terreno localizado atrás de um condomínio. Ela destaca que já até precisou sair da própria casa para ‘fugir’ da fumaça que toma conta da região.

“Não existe ser humano que sobreviva com tanta fumaça. Fizemos reclamações, mas não adiantou e estamos com as mãos atadas. Já precisei sair da minha residência devido ao fogo que ficou muito alto. Com receio das chamas atingirem o condomínio, nos retiramos pois temos crianças em casa”, desabafou.

Outro morador do Tijuca também reclama das queimadas no bairro e além de pedir a conscientização da população, ele também pede medidas mais duras aos responsáveis.

“A gente precisa que a prefeitura fiscalize os proprietários dos terrenos baldios. Também acho interessante a população se conscientizar e não colocar fogo. Tem muita gente que tem problemas respiratórios, ainda mais agora com as gripes que estão surgindo”, disse.

As queimadas são problemas de saúde pública, sobretudo na questão respiratória, bem como para o meio ambiente. Conforme a prefeitura, em caso de autuação, as multas por queimadas variam de R$ 2.414,50 a R$ 9.658. Os valores constam no Código de Polícia Administrativa de Campo Grande, que exige dos proprietários a limpeza, capina e dos terrenos lindeiros e vias e logradouros públicos.

A população pode denunciar casos de terrenos baldios sujos por meio do telefone 156 (Disque Denúncia). Já flagrantes de cidadãos ateando fogo em terrenos podem ser comunicados à Guarda Municipal pelo telefone 153.

Fala Povo - Fale com os jornalistas do Jornal Midiamax!

A denúncia foi enviada no do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook. Você pode enviar flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

VEJA O VÍDEO: 

Veja também

A medida foi tomada porque 26 de agosto de 2022 não será feriado

Últimas notícias