Impacto da pandemia nos profissionais da saúde pública de Dourados será avaliado em pesquisa

Estudo busca identificar como o trabalhador se sente após dois anos de pandemia
| 07/02/2022
- 02:07
As equipes na linha de frente estão sobrecarregadas
Foto: Divulgação

Os impactos da pandemia de Covid-19 na saúde física e mental dos trabalhadores da saúde pública de Dourados serão avaliados em pesquisa da (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) com parceria da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) e Sems (Secretaria Municipal de Saúde).

Segundo o professor doutor Eduardo Espindola Fontoura Jr., especialista em Saúde do Trabalhador, a saúde pública atua na linha de frente da pandemia há dois anos e o objetivo do estudo é saber como está a saúde deste trabalhador.

“Nós temos estudado o tema há algum tempo e percebemos que os trabalhadores estão sobrecarregados pela pressão imposta pela pandemia, fator que pode refletir na saúde física e mental. Para conseguir esses dados nós desenvolvemos a pesquisa, que está na fase de coleta de dados e está disponível online. Em apenas 15 minutos o trabalhador consegue responder”, explicou.

O trabalho tem o intuito de fazer o diagnóstico da situação do trabalhador da saúde pública. “Precisamos de 275 voluntários para obter um resultado que represente com fidelidade a situação da categoria”, destacou Fontoura. O questionário está disponível do link neste link.

Veja também

A possibilidade de os Estados Unidos entrarem em recessão fez o mercado financeiro ter um...

Últimas notícias