Corregedoria da UFMS vai investigar manifestação política contra Bolsonaro em sala de aula

Foto tirada na UFMS circula nas redes sociais e levanta discussão sobre a imparcialidade no âmbito acadêmico
| 26/04/2022
- 16:31
slide bolsonaro ufms facebook
Slide usado dentro de sala da UFMS (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

A Corregedoria da (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) vai investigar a manifestação política de um professor em sala de aula na Faculdade de Direito da instituição, em Campo Grande. A Reitoria do local recebeu a denúncia anonimamente na segunda-feira (25) e passou para a Ouvidoria.

O "ato" viralizou nas e chegou até a Alems (Assembleia Legislativa). Segundo informou a universidade ao Jornal Midiamax, após denúncia ser encaminhada para a Ouvidoria, o setor remeteu o caso para à Faculdade de Direito e à Corregedoria para a apuração das supostas irregularidades.

O caso tomou proporção já que 2022 é um ano eleitoral e, segundo a universidade, a situação fere a imagem institucional da instituição. Além disso, há orientações de conduta dos gestores e servidores públicos em âmbito federal.

Na foto, que circula nas redes sociais, tirada dentro da sala de aula, o slide mostra um tutorial para alunos que vão votar pela primeira vez, de como tirar o título de eleitor.

Porém, os dizeres trazem: "TUTORIAL Como Derrotar Bolsonaro em 2022", passando a ideia de votar para tirar o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) da liderança do Governo Federal.

Confira a imagem tirada na UFMS com a manifestação política:

slide bolsonaro ufms facebook
Slide usado dentro de sala da UFMS (Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Veja também

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 9,4% em abril deste ano, o menor...

Últimas notícias