Campo Grande segue sem definição de estacionamento rotativo desde março desde ano. A Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados) informou nesta terça-feira (29) que ainda não há uma data para publicação de nova licitação de administração do serviço.

O contrato com a Flexpark foi reincidido e desde então o serviço desativado em ruas da Capital. Em nota, a Agereg esclareceu que a nova licitação está em fase de estudos técnicos, que estão sendo conduzidos com a máxima diligência “a fim de atingir os principais objetivos da implantação de um estacionamento rotativo, sendo estes a democratização das vagas e a dinamização das atividades econômicas”.

Em julho, a prefeita Adriane Lopes havia reforçado que a participação em licitação é livre, desde que os interessados cumpram as regras. “Licitação tem regras e se a Flexpark puder participar eu não posso fazer nada. Mas nossa equipe técnica está cuidando disso”, afirmou à época.

Os condutores receberam até dia 20 de outubro a devolução dos créditos da empresa que acumulou R$ 230 mil em dívidas com a prefeitura.