As poltronas e carpetes dos auditórios do Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo foram totalmente retirados para receber a reforma que segue no local, avaliada ao todo em R$ 5,1 milhões. Além disso, as obras também já iniciaram a manutenção no telhado e na parte elétrica. A revitalização do espaço deve deixá-lo mais moderno e acessível para voltar a receber o público em shows e eventos. 

O Centro de Convenções, inaugurado em 1994, conta com quatro auditórios, com capacidade total de 1.483 lugares, em uma área de 1726 m².

A reforma abrangerá a parte elétrica, hidráulica, salas e auditórios, que terão rampas e um elevador. O famoso “Espelho d’água”, que fica na entrada do Centro de Convenções, também passará por reformas.

O diretor-presidente da Fundtur (Fundação de Turismo de MS), Bruno Wendling, destacou que a obra vai alavancar o espaço. “Temos este foco na adequação da acessibilidade, que é tão necessário para receber os grandes eventos e assim atender a todos os públicos. Trata-se de uma primeira etapa de revitalização que visa também dar mais conforto ao público”.

A revitalização faz parte do programa “Retomada MS”, lançado pelo governo estadual com o objetivo de recuperar os espaços culturais e de turismo do Estado, visando alavancar os dois setores, que foram severamente prejudicados durante a pandemia.