Cotidiano

Na Gameleira, 'Padaria Liberdade' vai fabricar 2 mil pães por dia que serão doados

Projeto é oportunidade de trabalho para internos da unidade

Renan Nucci Publicado em 14/05/2021, às 15h09

None
Foto Ilustrativa

A Colônia Penal Agroindustrial da Gameleira, em Campo Grande, vai contar com uma padaria usada para profissionalização dos presos da unidade. O projeto, chamado de ‘Padaria Liberdade’, tem como principal objetivo contribuir para ressocialização dos internos já que, após cumprimento da pena, terão experiência suficiente para ingresso em trabalho lícito. Serão fabricados em média 2 mil pães por dia, que serão doados.

A implantação da padaria foi idealizada pela 2ª Vara de Execução Penal do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), com apoio da Agepen (Agência Estadual de administração do Sistema Penitenciário), UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Conselho da Comunidade, Senac e instituições privadas.

O total de investimentos é de R$ 210 mil, entre maquinários e construção do local adequado. Irão trabalhar cinco internos da Gameleira, os quais passarão por capacitação na área de panificação e manipulação de alimentos. Vale destacar que a padaria foi construída com o valor arrecadado com o desconto de 10% do salário de cada preso que trabalha via convênio em Campo Grande. 

Atualmente, cerca de 1.000 presos trabalham em empresas privadas. Para a implantação da padaria, a unidade prisional recebeu equipamentos modernos, como forno turbo, cilindro profissional, modeladora de pães, amassadeira espiral com capacidade para 25 kg, câmaras para crescimento de pães, assadeiras de alumínio, mesas de inox, balança elétrica, divisora de massa, congelador horizontal, esteiras para pão francês, bebedouro e câmara climática.

A previsão é para produção de pães francês e pães de leite. Com isso, os investimentos em adequações, estruturação e capacitação tem-se uma estimativa de produzir 2 mil pães por dia, sendo a metade para atender a demanda interna e a outra metade serão doações para instituições filantrópicas.

Jornal Midiamax