Cotidiano

MS Selvagem: jacaré é flagrado devorando piranha em rio no Pantanal

Fotógrafo registrou momento em que o réptil 'venceu a briga' contra o peixe

Mariane Chianezi Publicado em 26/07/2021, às 15h54

None
Foto: Douglas Melo/Operação Lord do Pantanal

Temida nas águas doces, uma piranha terminou sendo devorada por um jacaré em rio do Pantanal. O flagrante impressionante da 'batalha' foi feita durante excursão em Mato Grosso do Sul por um fotógrafo.

As imagens foram registradas no último fim de semana na região conhecida com Baía Uberaba, região do extremo Pantanal. O fotógrafo, Douglas Melo, disse que a ação do jacaré foi instantânea e sem oportunidades do peixe escapar. 

"Fui surreal, o jacaré pegou a piranha arrancou a cabeça dela sem nenhuma chance de defesa e depois a engoliu, coisa de 2 minutos", relatou. Confira um dos cliques:

Foto: Douglas Melo/Operação Lord do Pantanal
Foto: Douglas Melo/Operação Lord do Pantanal

MS Selvagem 

Os flagrantes da fauna pantaneira rendem inúmeras imagens registradas pelos turistas. Na última terça-feira (20), os turistas que passaram pela região do Pantanal em Miranda, a 400 quilômetros de Campo Grande, foram surpreendidos por uma onça-pintada no alto de um arbusto em passeio.Não é a primeira vez que os felinos aparecem para os turistas em passeios na Fazenda San Francisco.

O fotógrafo, Edir Alves, fez o registro e divulgou nas redes sociais. Ele contou estar em tour com turistas na região e avistou a onça de longe. "Ontem eu e alguns turistas fomos surpreendidos com um flagrante diferente de uma onça-pintada. As imagens foram feitas de longe portanto não ficaram bem nítidas", disse em post. Uma internauta se questionou: "Qual será a sensação dos turistas nesse cenário espetacular?" disse.

Em junho, turistas admiraram uma onça que descansava na passarela da mesma fazenda.Conforme publicação da fazenda nas redes sociais, é explicado que a trilha com os turistas estava prestes a acabar, quando restava 70 metros para o fim, a onça apareceu e se deitou na passarela.

“No primeiro instante alguns dos turistas ficaram um pouco apreensivos, porém assim que a onça subiu na trilha se deitou e permaneceu tranquila transmitindo assim mais segurança a todos”, diz postagem.

O encontro, que vem se tornando frequente na fazenda que promove turismo ecológico, evidencia o local como refúgio em meio ao verde para os animais da região, após uma temporada de queimadas devastadoras para a fauna e flora do Pantanal em 2020, que não atingiu o local.

Após um bom tempo 'repousando', a onça resolveu se levantar e descer da trilha para seguir mata adentro. Confira a postagem:

Jornal Midiamax