Cotidiano

Internações caem e MS tem 99% das UTIs Covid-19 lotadas nesta quarta

São apenas duas vagas para atender pacientes com quadros graves da Covid-19

Dândara Genelhú Publicado em 02/06/2021, às 18h57

None
Foto: Reprodução.

No final desta quarta-feira (2), Mato Grosso do Sul teve queda de internações e baixou o índice de lotação dos leitos exclusivos para Covid-19. Assim, o Estado tem 99,83% de ocupação nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva).

São 590 pacientes internados com quadros graves da Covid-19. Com 592 UTIs existentes para tratar a doença, MS possui duas vagas para novos agravamentos.

Nos leitos clínicos, a situação também é preocupante. São 83,38% de lotação nas instalações deste tipo que atendem infectados por coronavírus.

Então, 967 vagas dos 1.146 leitos existentes no Estado já estão ocupadas. Assim, restam 179 instalações disponíveis para novas internações.

Os dados são do Painel Mais Saúde, da SES (Secretaria de Estado de Saúde). Foram utilizadas informações da atualização das 18h50.

Nesta quarta-feira (2), MS anunciou que precisará fazer transferência de pacientes com coronavírus para outros estados. Até esta tarde, 20 pessoas em estado grave da doença devem ser levadas para tratamento da Covid-19 em Rondônia e Espírito Santo.

De acordo com a SES, “serão transferidos mais nove pacientes para Rondônia e dez pacientes para o Espírito Santo”. O primeiro paciente transferido de MS para RO é um morador de Bonito.

Por fim, a Secretaria informou que a lista de pacientes que devem ser transferidos ainda está sendo definida. Em transmissão para a SES, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, lembrou que Rondônia já foi atendida por MS quando estava com falta de leitos.

Jornal Midiamax