Governo de MS classifica escolas e universidades como serviços essenciais na pandemia

O  Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir), do governo de Mato Grosso do Sul, incluiu escolas de ensino médio e universidades na lista de serviços essenciais durante a pandemia de Covid-19. A deliberação do colegiado foi publicada na edição desta segunda-feira (7) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). Para chegar à […]
| 07/12/2020
- 12:10
Governo de MS classifica escolas e universidades como serviços essenciais na pandemia
Escola Estadual Alberto Elpídio Ferreira Dias – Prof. Tito, em Campo Grande. (Foto: Reprodução, Facebook) - Escola Estadual Alberto Elpídio Ferreira Dias – Prof. Tito, em Campo Grande. (Foto: Reproduç

O  Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia (Prosseguir), do governo de Mato Grosso do Sul, incluiu escolas de ensino médio e universidades na lista de serviços essenciais durante a de Covid-19. A deliberação do colegiado foi publicada na edição desta segunda-feira (7) do DOE (Diário Oficial Eletrônico).

Para chegar à esta decisão, o comitê levou em conta o resultado da reunião com o (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul). Anteriormente, as instituições de ensino médio e superior estavam no rol de serviços não essenciais de alto risco.

Apesar disso, a SED (Secretaria de Estado de Educação) decidiu concluir o ano letivo de 2020 de forma remota. Em Campo Grande, apenas escolas particulares oferecem o ensino médio, já autorizadas a retomar as atividades.

O governo marcou o início do ano letivo de 2021 para 4 de fevereiro para os alunos, com algumas regras de biossegurança.

Veja também

Em meio a temores por uma recessão internacional e a tensões internas no Brasil, o...

Últimas notícias