Apesar de decreto, cinemas de Campo Grande não devem retornar enquanto lanches não forem liberados

Resolução municipal libera o retorno dos cinemas a partir da próxima segunda-feira (28), em Campo Grande. Entretanto, os amantes da ‘sétima arte’ terão que aguardar mais um tempo para voltar a assistir aos lançamentos das telonas. Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, as três redes de cinema presentes em Campo Grande não pretendem retomar as atividades […]
| 25/09/2020
- 18:00
Apesar de decreto, cinemas de Campo Grande não devem retornar enquanto lanches não forem liberados
Foto Ilustrativa - Foto Ilustrativa

Resolução municipal libera o retorno dos cinemas a partir da próxima segunda-feira (28), em Campo Grande. Entretanto, os amantes da ‘sétima arte’ terão que aguardar mais um tempo para voltar a assistir aos lançamentos das telonas.

Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, as três redes de cinema presentes em Campo Grande não pretendem retomar as atividades enquanto não houver a liberação de comida dentro das salas de exibição. Assim, Cinemark, e UCI planejam retornar juntas com as exibições.

A assessoria de imprensa do UCI, localizado no Shopping Bosque dos Ipês, informou que não tem data prevista para o retorno, pois “estamos aguardando liberação do consumo de alimentos nas sala”.

A assessoria do Plaza informou que o Cinépolis ainda não informou a data de retorno. Já o Cinemark, em nota, limitou-se a dizer que “ainda não tem data definida para a reabertura do complexo de Campo Grande”.

O município do Rio de Janeiro liberou na semana passada o retorno dos cinemas na cidade, também com a proibição de consumir alimentos nas salas. A Associação dos Exibidores de Cinema criticou a proibição da venda de alimentos como pipoca e bebidas e disse que, com esta medida, fica inviável pagar o salário dos funcionários e arcar com todos os custos da exibição dos filmes.

O que diz a resolução da prefeitura

A prefeitura liberou o retorno das atividades com algumas restrições para evitar a disseminação do . Veja as regras:

  • Distanciamento de 1,5 mt entre espectadores em todas as direções (com exceção de pessoas que moram na mesma casa)
  • Não consumir alimentos dentro das salas (na área de lanchonete é permitido)
  • Uso de máscara durante todo o tempo de permanência
  • Realizar desinfecção das salas entre sessões, que devem ter intervalo maior entre uma e outra
  • Disponibilizar dispenser com antisséptico na entrada ou interior das salas

Veja também

De acordo com economista, a intenção de consumo diminuiu devido à inflação e o medo do desemprego

Últimas notícias