Cotidiano

Após esperar mais de 1 dia por cesariana, grávida dá à luz no HR

A gestante de 32 anos que esperou mais de um dia pelo parto do filho mesmo com perda de líquido amniótico deu à luz ao bebê no início da tarde desta sexta-feira (19), no Hospital Regional. Ela e o recém-nascido, segundo a família, passam bem. Familiares que denunciaram a demora para o parto da mulher […]

Aliny Mary Dias Publicado em 19/04/2019, às 15h05 - Atualizado às 15h09

Foto: Arquivo.
Foto: Arquivo. - Foto: Arquivo.

A gestante de 32 anos que esperou mais de um dia pelo parto do filho mesmo com perda de líquido amniótico deu à luz ao bebê no início da tarde desta sexta-feira (19), no Hospital Regional. Ela e o recém-nascido, segundo a família, passam bem.

Familiares que denunciaram a demora para o parto da mulher disseram ao Jornal Midiamax que o bebê nasceu às 13h30 desta sexta. Diferente do que a família esperava, a mulher teve parto normal e não cesariana.

Mais cedo, diante da revolta de familiares, o HR informou que a cesariana ainda não havia sido feita porque não se tratava de um caso urgente e que a mãe poderia esperar. O setor responsável pelas cesárias estava com pacientes sendo submetidos à cirurgias emergenciais.

Apesar de familiares relatarem o rompimento da bolsa há cerca de 24h, o hospital afirmou que se tratava de procedimento eletivo – cuja realização pode aguardar.

Os parentes afirmam que a mãe e bebê se recuperam bem. O procedimento de laqueadura a que a mulher seria submetida durante a cesariana deve ser realizado posteriormente.

Jornal Midiamax