Aparelho está estragado desde o dia 5 de fevereiro

O HRMS ( de Mato Grosso Sul) continua com o aparelho de ar-condicionado estragado e a previsão de reparo é para o dia 14 de março. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, a extensão do dano e a falta de peças no Estado são os empecilhos que atrasaram o conserto.

A denúncia sobre o aparelho ainda estar parado veio de uma babá de 39 anos que acompanhou um parente no hospital, na última semana. Conforme o relato, a falta do aparelho de ar-condicionado atinge principalmente o pronto-socorro da instituição. “É quase o hospital todo, mas a parte que está prejudicando mesmo é a do pronto-socorro”, conta.

Conforme a babá, o problema está causando um grande transtorno para quem precisa de atendimento no HRMS. “Lá dentro é quente e os pacientes estão sofrendo com a situação”, comentou.

A assessoria de imprensa do HRMS informou que foi aberto um processo emergencial para o conserto do aparelho. “Tendo em vista a extensão do estrago (quebra de todas as hélices e cortes nas colmeias) e a baixa oferta das peças no mercado somente nesta semana o fornecedor das peças poderá atender nossa demanda”.Sem ar-condicionado há 1 mês, HR exige paciência de funcionários e pacientes

Com a encomenda das peças, que segundo o hospital, não são comercializadas no Estado, a previsão é que o ar-condicionado seja reparado apenas no próximo dia 14 de março.

Há um mês

Em fevereiro, o Jornal Midiamax recebeu a mesma denúncia de um funcionário do HRMS. Conforme o relato, o aparelho do pronto-socorro estaria sem funcionar desde o dia 5 de fevereiro, o que preocupava os profissionais já que a demanda de pacientes era alta.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.