Cotidiano

Errata: acidente na BR-163 causado por caminhão desgovernado não matou seis pessoas

Foram quatro óbitos e não seis, como noticiado antes

Midiamax Publicado em 12/08/2015, às 00h15

None
foto1_8.jpg

Foram quatro óbitos e não seis, como noticiado antes

O acidente na BR-163 matou quatro pessoas e não seis, conforme noticiado anteriormente pelo Jornal Midiamax. Elizete de Avila, de 33 anos, e Josimar de Avila, estão vivos. Elizete segue internada no Hospital da Vida em Dourados e Josimar não ficou ferido e nem foi para hospital.

Confira a notícia correta abaixo.

Quatro pessoas morreram no acidente desta terça-feira (11) no km 32 da BR-163, no trecho que liga Eldorado a Mundo Novo, a 450 quilômetros de Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, a tragédia foi causada por uma caminhão desgovernado que atingiu outros sete veículos que estavam parados na rodovia.

O acidente ocorreu por volta das 11 horas, quando vários veículos esperavam a pista ser liberada pela CCR MSVia, que realiza obras no local. De acordo com o delegado Thiago de Lucena e Silva, da Delegacia de Polícia Civil de Eldorado, um caminhão carregado de massa asfáltica, que seguida no sentido Eldorado/Mundo Novo, não conseguiu parar e atingiu os veículos da fila. Se envolveram na colisão, um caminhão, uma carreta bitrem e outros cinco veículos de passeio.

 “Vamos investigar se o condutor do caminhão perdeu o freio, ou por algum motivo, perdeu o controle da direção”, afirma o delegado. Ainda segundo Thiago, os sobreviventes e testemunhas serão chamadas para depor.

Quatro vítimas morreram no local: Paola de Avila teles, 15 anos, de Sapiranga (RS), Almir José Canavezi, 47 anos, de Eldorado, Gabriela Fernanda Camargo da Silva, de 15 anos e o pai Milton Camargo da Silva 43 anos, de Naviraí.

A família Avila estava em dois carros e tinha vindo a Mato Grosso do Sul para casamento em Maracaju. Mulher identificada como Elizete Chaves de Avila, de 33 anos, foi encaminhada para o Hospital da Vida em Dourados, junto de outro passageiro da família, que não foi identificado até o momento. Outros seis familiares foram levados para hospital em Mundo Novo e outro para hospital em Naviraí.

Dos dez da família Avila, apenas seu Josimar não ficou ferido. Ele voltou para Sapiranga-RS e está voltando para Mato Grosso do Sul para acompanhar o estado dos familiares.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) divulgou na tarde desta terça-feira que pelo menos outras 15 pessoas ficaram feridas. Todos foram levados para os hospitais de Naviraí, Eldorado e Mundo Novo. O Corpo de Bombeiros, a CCR, a PRF e a Polícia Civil atenderam a ocorrência e o trânsito no local continua lento.

Jornal Midiamax