Pressionado pelo desempenho recente e sob vaias, o Internacional sofreu, mas venceu o Bahia neste sábado, de virada, por 2 a 1, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pela estreia no Campeonato Brasileiro. Biel, Wesley e Fernando marcaram os gols da partida.

A vitória ameniza o ‘climão’ do Internacional com seus torcedores, ainda irritados com a eliminação nas semifinais do Gauchão e também com os dois empates seguidos na Copa Sul-Americana. Três pontos que são mais importantes para os bastidores do que propriamente para a classificação.

Já o Bahia não estreia da forma que esperava, sobretudo após o vice-campeonato Baiano frente ao arquirrival Vitória. O time terá que usar o fator casa como uma das suas grandes armas por algo a mais no campeonato.

O primeiro tempo teve Internacional e Bahia buscando o ataque e criando chances de balançar as redes. Os gaúchos assustaram aos 17 em cabeceio de Thiago Maia e depois com Borré, aos 22, em finalização que parou no goleiro Marcos Felipe.

Só que o Bahia segurou o adversário e aos poucos se animou no setor ofensivo. Everton Ribeiro, aos 26, finalizou colocado com a canhota e a bola passou muito perto da trave direita de Rochet No minuto seguinte foi a vez de Jean Lucas perder gol cara a cara com o goleiro uruguaio.

No segundo tempo, o Internacional não desistiu e poderia ter aberto o placar aos 14 minutos. Wanderson cobrou escanteio da esquerda e Borré, sozinho na pequena área, cabeceou pela linha de fundo.

Após insistir, os dois times balançaram as redes. Aos 24, Biel recebeu na esquerda, cortou para dentro e finalizou. A bola desviou na marcação e enganou o goleiro Marcos Felipe. Só que dois minutos depois o Internacional empatou, quando Wesley aproveitou falha na defesa e chutou com a canhota.

O empate animou o Internacional, que buscou a virada. Aos 37 minutos, Bruno Henrique cobrou falta da direita e encontrou Fernando. O experiente jogador subiu no terceiro andar a cabeceou para as redes, dando números finais ao confronto.

O Internacional volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Palmeiras, às 20 horas, no Allianz Parque, em São Paulo. Já o Bahia, na terça-feira, receberá o Fluminense, às 21h30, na Fonte Nova, em Salvador.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 2 X 1 BAHIA

INTERNACIONAL – Rochet; Bustos, Vitão, Fernando e Renâ; Thiago Maia (Mercado), Bruno Gomes (Bruno Henrique), Maurício (Gustavo Prado) e Wanderson (Alario); Lucca (Wesley) e Borré. Técnico: Eduardo Coudet.

BAHIA – Marcos Felipe; Santiago Arias, Kanu, Victor Cuesta e Luciano Juba; Rezende, Caio Alexandre (Biel), Jean Lucas e Everton Ribeiro (Carlos de Pena); Thaciano (Everaldo) e Estupiñán (Cauly). Técnico: Rogério Ceni.

GOLS – Biel, aos 24 minutos do primeiro tempo. Wesley, aos 26, e Fernando, aos 37 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Bustos, Fernando, Mercado, Maurício e Alario (Internacional); Jean Lucas e Everaldo (Bahia).

ÁRBITRO – Rodrigo Jose Pereira de Lima (PE).

RENDA – R$ 457.500,00.

PÚBLICO – 19.103 pagantes (22.045 total).

LOCAL – Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).