Cotidiano

Cratera impede captação de água e cidade é abastecida com caminhão-pipa

Local de captação ficou assoreado com erosão

Kemila Pellin Publicado em 24/11/2015, às 21h03

None
6501a9c5-313a-4dee-99fe-000f035ec3d4.jpg

Local de captação ficou assoreado com erosão

A cidade de Coronel Sapucaia, distante 395 quilômetros de Campo Grande, teve o abastecimento de água interrompido, depois que as fortes chuvas desta terça-feira (24) abriram uma cratera na estrada, e o Córrego Inhu-verá, onde está localizada a estação de capitação de água da Sanesul (Empresa de Saneamento do Estado de Mato Grosso do Sul), ficou assoreado. Um caminhão pipa deve garantir água aos moradores até que a situação seja regularizada.

Conforme a empresa, o abastecimento precisou ser suspenso porque uma grande quantidade de terra, galhos e outros materiais desceram o  córrego e se acumularam em uma pequena barragem onde a água é represada para capitação.

Uma equipe técnica da Sanesul está a caminho da cidade para transferir o local de captação para um trecho mais acima do córrego, onde a água não esteja tão suja.

A empresa ainda não saber informar se houve ou não danos na pequena barragem onde a água é represada  para captação. 

Jornal Midiamax