Alckmin: esperança tem nome, se chama Lula

Até o momento, o ex-presidente conta com o apoio de sete partidos: PT, PSB, PSOL, Rede, PCdoB, PV e Solidariedade
| 29/07/2022
- 17:09
LULA CONVENÇÃO
Foto: Divulgação

Na convenção que ratificou seu nome como candidato a vice-presidente, (PSB) descreveu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como "esperança", termo utilizado campanhas eleitorais do PT e retirado da frase "A esperança venceu o medo", da primeira vitória de Lula como presidente, em 2002.

Em comemoração à aglutinação de forças em torno do petista, o ex-governador enfatizou que "hoje é dia de mostrar a força da nossa união em torno de Lula. É dia de o PSB abrir as portas e promover esse grande encontro suprapartidário, aqui com todos os partidos conosco", afirmou.

"Para todos juntos seguirmos em frente nesta caminhada, a caminhada da esperança em direção ao futuro. É dia de mostrar que estamos unidos, firmes e determinados, a livrar o Brasil do fanatismo político, da ruinosa política econômica que pôs o Brasil de volta no mapa da fome, que trouxe de a inflação, que empobreceu", emendou, em crítica ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Até o momento, o ex-presidente conta com o apoio de sete partidos: PT, PSB, PSOL, Rede, PCdoB, PV e Solidariedade. Os petistas tentam atrair ainda legendas como MDB, União Brasil e PSD.

Veja também

Pesquisa faz mapeamento genético de 100 crianças com apraxia da fala

Últimas notícias