Brasil

Autoridades procuram por 'psicopata' que matou família inteira no interior de Brasília e Goiás

Cerca de 17 fazendas estariam ocupadas por policiais

Renata Fontoura Publicado em 14/06/2021, às 11h39

Lázaro também atirou em quatro pessoas e ateou fogo em uma casa durante fuga
Lázaro também atirou em quatro pessoas e ateou fogo em uma casa durante fuga - Reprodução| Polícia Civil do DF

A Secretaria de Segurança Pública de Goiás e a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal montaram uma força tarefa para capturar Lázaro Barbosa Sousa, de 33 anos, suspeito de cometer um quádruplo latrocínio em Ceilândia, interior de Brasília e um quinto em Goiás.

No último sábado (12), em Cocalzinho de Goiás, o sujeito ainda baleou mais três pessoas, sendo duas em estado grave no hospital. De acordo com as informações das secretarias, o quinto homicídio teria ocorrido na semana passada, quando o suspeito assassinou a família de Claudio Vidal em sua chácara. 

De acordo com o jornal O Globo, a força tarefa conta com a Polícia Militar (PM-DF), Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e Polícia Civil do Distrito Federal. Agentes acreditam que Lázaro está armado com um revólver calibre .32 e possivelmente de outras armas e munição roubada das residências que invadiu ao longo da última semana. Cerca de 17 fazendas da região estariam ocupadas por policiais. 

Na manhã desta segunda-feira (14), o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda (DEM), esteve acompanhando as buscas pelo suspeito. Ele se referiu ao criminoso como um psicopata

Lázaro é ainda condenado por homicídio na Bahia, além de já ser procurado por crimes de roubo, porte ilegal de armas de fogo e estupro no Distrito Federal e no estado de Goiás.

Conforme a polícia, ele foi preso em 8 de março de 2018 pelo Grupo de Investigações de Homicídios de Águas Linda.Porém, fugiu do presídio no dia 23 de julho, apenas quatro meses depois. Desde então, segue foragido.

Jornal Midiamax