Um tratorista de 33 anos foi preso por ameaçar um funcionário de uma localizada na região do do Paiaguás, em , cidade a 446 quilômetros de , nesta terça-feira (23).
De acordo com a polícia, o autor ameaçou o funcionário da fazenda com uma arma e o delegado plantonista, Iago Adonis Ismerim Soares dos Santos, designou uma equipe da SIG (Seção de Investigações Gerais), para a localidade.

Para averiguar os fatos, policiais se locomoveram de táxi aéreo por 1 hora e meia, pelo fato do local ser de difívil acesso. As ameaças, segundo a polícia, estariam sendo feitas com a utilização de uma arma de fogo, calibre .38, porém, quando viu a aproximação dos policiais, o autor escondeu a arma na mata e não foi possível localizá-la.

O autor possui uma extensa ficha criminal, com passagens por violência doméstica, posse irregular de arma de fogo, ameaça, além de se intitular como membro de de facção criminosa. Ainda de acordo com a polícia, informações indicavam que ele estava ameaçando policiais nas redes sociais.

Ele foi abordado e preso, admitindo ter utilizado a arma contra o trabalhador da fazenda, dizendo que agiu em legítima defesa, após ser ameaçado. Durante as investigações, três testemunhas confirmaram que o homem portava um revólver .38 com cabo de borracha preta, utilizado de forma ostensiva na cintura.

Segundo os relatos, o indivíduo teria escondido a arma no matagal ao perceber a chegada da equipe policial. Os policiais fizeram buscas no local, no entanto, até o momento a arma não foi localizada. O indivíduo foi conduzido à de Polícia para os procedimentos legais.