Empreiteira fez pagamentos ao Instituto Lula, diz PF

Os documentos detalham as doações
| 11/06/2015
- 03:29
Empreiteira fez pagamentos ao Instituto Lula, diz PF

Os documentos detalham as doações

A Policia Federal enviou à Justiça Federal, em Curitiba, um laudo com os pagamentos feitos pela empreiteira Camargo Correa a políticos e partidos. O relatório faz parte da ação penal na qual executivos da empresa são investigados na Operação Lava Jato.

Os documentos detalham as doações para campanhas eleitorais de candidatos e de partidos, entre 2008 e 2013, e foram entregues pelos executivos da empresa. Entre os partidos que receberam doações da empresa estão o PMDB, PV, PSDB, PT, PR e PDT. Segundo os peritos da PF, a empreiteira fez doações de R$ 183,7 milhões no período.

Entre os pagamentos feitos à época pela empreiteira constam transferências para o Instituto , vinculado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e para a empresa L.I.L.S Palestras Eventos e Publicidade, criada pelo ex-presidente para proferir palestras. De acordo com o laudo, o Instituto Lula recebeu três pagamentos de R$ 1 milhão cada, em 2011, 2012 e 2013, identificados como contribuições e doações. A empresa do ex-presidente recebeu R$ 1,5 milhão. Segundo a PF, os valores foram declarados à Receita Federal. As informações serão analisadas pelo juiz federal Sérgio Moro e pelo Ministério Público Federal (MPF) na investigação da Lava Jato.

Em nota, o Instituto Lula classificou a divulgação de reportagens sobre o assunto como “mais uma tentativa de escandalizar as atividades legais e legítimas do ex-presidente”. Segundo o instituto, os valores citados foram doados para manutenção e desenvolvimento de atividades institucionais. Sobre os pagamentos à empresa L.I.L.S, o instituto declarou que referem-se a quatro palestras feitas pelo ex-presidente.

Veja também

O lucro líquido de R$ 11,7 bilhões obtido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e...

Últimas notícias