Brasil

Câmara não deixará de votar parecer do TCU sobre contas do governo, diz Cunha

Em junho, o TCU deu 30 dias para o governo explicar 13 pontos

Diego Alves Publicado em 08/07/2015, às 02h50

None
camara.jpg

Em junho, o TCU deu 30 dias para o governo explicar 13 pontos

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, afirmou nesta terça-feira (7) que a Casa não vai deixar de votar o parecer do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a análise das contas do governo federal.

Cunha lembrou que o TCU, após examinar as contas, envia um parecer que deve ser votado pela Comissão Mista de Orçamento e depois pelos plenários da Câmara e do Senado.

“Todas as contas deveriam ser analisadas pelo Congresso: as deste ano, as do ano passado. Só que as deste ano ainda não foram concluídas, então serão examinadas no seu devido momento”, declarou.

Em junho, o TCU deu 30 dias para o governo explicar 13 pontos sobre as contas da gestão da presidente Dilma Rousseff em 2014. Entre eles, estão os atrasos no repasse de verbas da União para bancos públicos. Esse dinheiro seria destinado ao pagamento de programas como o Bolsa Família e o Seguro-Desemprego. Sem a transferência, os bancos tiveram de pagar as contas com recursos próprios.

Jornal Midiamax