Variedades / Saúde

Greve dos profissionais de enfermagem da Santa Casa está decidida e pode iniciar na terça

Hospital deve apresentar proposta nesta tarde

Tatiana Marin Publicado em 21/09/2016, às 18h00

None

Hospital deve apresentar proposta nesta tarde

Em assembleia realizada nesta quarta-feira (21) com os profissionais de enfermagem do turno da tarde da Santa Casa, a greve foi aprovada por unanimidade pelos cerca de 300 funcionários que trabalham no período, informou Sebastian Rojas, diretor financeiro do Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul). Segundo a assessoria do hospital, a diretoria se reuniu na noite de ontem para definir a proposta que deve ser apresentada ainda nesta tarde para a categoria.

Uma terceira assembleia será realizada com os profissionais que trabalham no turno da noite somente para cumprir o edital, pois com os votos das duas consultas já realizadas, o número de 50% mais 1 foi já atingido. O valor de reajuste salarial reivindicado pela categoria é de 11,30%.

Se a proposta de reajuste oferecida pela Santa Casa não for aceita, a greve deve começar na próxima terça-feira (27). Os trabalhadores devem fazer escala de revezamento para manter 30% do efetivo trabalhando, como determina a lei.

Atraso no pagamento de horas Extras –  No mês passado, enfermeiros e técnicos de enfermagem do hospital relataram atraso no pagamento das horas extras realizadas em julho deste ano. O pagamento só foi concluído no início de setembro.

Na manhã de hoje, a equipe de reportagem do Jornal Midiamax foi informada de que os trabalhadores não receberam as horas extras realizadas em agosto, porém, o diretor-financeiro do Siems e a assessoria de comunicação da Santa Casa afirmam que ainda não foram informados sobre o problema.

Jornal Midiamax