Variedades / Saúde

Caravana dá inicio a cirurgias de oftalmo no interior

Previstas mais de 1.800 cirurgias

Diego Alves Publicado em 19/02/2016, às 01h18

None
jbc_1365-1-672x372_1.jpg

Previstas mais de 1.800 cirurgias

Com uma estimativa de mais de 2 mil cirurgias, a Caravana da Saúde inicia nesta sexta-feira (19) as cirurgias oftalmológicas para os pacientes da microrregião de Jardim. Desde a ultima terça-feira (16) pacientes dos municípios de Bela Vista, Caracol, Guia Lopes da Laguna, Porto Murtinho, Jardim e Bonito passaram pelas consultas e agendamentos iniciais para as cirurgias oftalmológicas, em especial para retirada de catarata.

Somente para os procedimentos oftalmológicos, estão previstas mais de 1.800 cirurgias além da demanda espontânea durante os dias em que a Caravana da Saúde permanecer no município. Também fazem parte do cronograma cirúrgico, mais de 240 cirurgias de especialidades médicas que estão sendo realizadas no hospital Marechal Rondon, em Jardim.

Durante a manhã desta quinta-feira (18) pacientes das cidades da microrregião de Jardim, comemoravam o fim da espera de anos para a realização da tão aguardada cirurgia. Moradora no município de Bonito, Ângela Souza Bispo, 57 anos, ressaltou a falta de esperança por uma cirurgia, após aguardar mais de 3 anos para a realização do procedimento correndo o risco de perder a visão.

“Foram mais de três anos fazendo consulta e tendo que viajar para fazer o tratamento. No primeiro diagnóstico o médico me disse que a cirurgia era necessária, mas o custo era muito alto na época e pelo SUS tive que ficar esperando. No fim acabei desistindo pelo preço e pelo fato de morar longe e não ter resposta. Hoje quase não consigo ler ou escrever, até costurar é muito difícil. Minha esperança foi a Caravana que eu já acompanhava desde que atendeu em Corumbá. Resolvi correr atrás para conseguir este atendimento. Agora estou feliz com a cirurgia marcada, não sabia que seria tão rápido pela Caravana”, disse a moradora.

Morador no município de Porto Murtinho, Pio Benites, 80 anos, acompanhou a perda gradativa de sua visão ao longo de três anos, mesmo aguardando uma vaga para fazer um cirurgia. “Fiquei de ano em ano renovando pedidos para fazer uma cirurgia. Fazia a consulta, mas não chamavam e isso se repetia a cada ano. Me atrapalhava muito no trabalho e cheguei a ficar parado. Já estava pensando em fazer um empréstimo para ir a Campo Grande, muitas pessoas que eu conheço fazem isso, é o jeito. Mas com a Caravana as coisas estão se resolvendo. Fiquei muito feliz de poder resolver esta situação. A minha cirurgia esta confirmada e isso já é uma felicidade”, disse Pio.

No sábado (20), a Caravana da Saúde realiza o seu dia D de atendimentos para os municípios da microrregião de Jardim. Além do atendimento oftalmológico e especialidades médicas, mais de 30 instituições parceiras, entre elas Tribunal de Justiça, Corpo de Bombeiros, Ministério Público, Polícia Civil entre outras, estarão atendendo a população.

Jornal Midiamax