Sem Categoria

Homem é acusado de jogar gasolina e atear fogo no pai em cidade de MS

Recusa do pai em dar dinheiro ao filho teria sido o motivo da violência

Arlindo Florentino Publicado em 06/01/2015, às 14h19

None

Recusa do pai em dar dinheiro ao filho teria sido o motivo da violência

José Lopes Siqueira, de 70 anos de idade sofreu queimadura pelo corpo e acusou o filho, Geovani Geraldo Siqueira, de 32 anos, de ser o responsável pela tentativa de homicídio.

O fato aconteceu na tarde da última segunda-feira (5) em Fátima do Sul, a 242 quilômetros de Campo Grande.

José Lopes afirmou que estava sentado na varanda de casa quando foi surpreendido pelo filho que se aproximou, jogou gasolina no seu corpo e ateou fogo.

A esposa de José e mãe de Geovani, de 67 anos, também foi atingida pelo fogo e sofreu queimaduras. O casal foi encaminhado ao hospital da cidade e passa bem.

Segundo José, o filho teria pedido dinheiro e ele negou-se a dar, provocando a ira do agressor.

Geovani fugiu após o atentado e ainda não foi localizado.

Jornal Midiamax