A Municipal de , a 137 km de , contratou empresa para auxiliar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) nas investigações de irregularidades no Municipal José Valdir Antunes de Oliveira, da Funsaúde (Fundação Regional de Saúde).

A informação é do presidente do colegiado, vereador Frederico Marcondes Neto (Podemos), mais conhecido como Dr. Fred. “O presidente da Câmara contratou uma empresa para assessorar a CPI. Ela começa a trabalhar hoje, vamos enviar os documentos que já apuramos para emissão de relatório”, disse ele.

Anteriormente, Frederico havia afirmado que até o do mês de outubro, a Casa concluiria as investigações, mas com a nova medida, o prazo foi prorrogado. “Temos mais 40 dias, 10 dias para o prazo de 60 dias e prorrogação de mais 30 dias”, explicou.

A CPI foi instaurada com base em um relatório do Conselho Municipal de Saúde, que apontava irregularidades na gestão do hospital. Foram identificadas irregularidades no pagamento de plantões, envolvendo uma servidora do setor de recursos humanos e um médico – ambos foram desligados.

Após a abertura da comissão, houve a exoneração de uma servidora nomeada e o afastamento da presidente da Funsaúde (Fundação Regional de Saúde), mantenedora do Hospital Municipal José Valdir Antunes de Oliveira.

Saiba Mais