Um bar localizado no Parque Novos Estados, em Campo Grande, virou alvo de inquérito civil por poluição sonora. A instauração do inquérito foi divulgada no Diário Oficial do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) desta segunda-feira (18).

Conforme a peça, é apurado possível descumprimento da legislação ambiental, decorrente da prática de “poluição sonora e demais algazarras no exercício de sua atividade pelo bar”.

A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) fez a fiscalização, com vistoria e laudo de medição sonora. A denúncia inicial trata da realização de música ao vivo sem a devida licença ambiental.

Há suspeita também de falta de alvará especial para funcionamento em horário noturno, com lavratura de auto de infração. A Semadur foi oficiada para informar se a atividade constatada na vistoria necessita da licença ambiental.

Em caso positivo, equipe deve retornar ao local para ver se a atividade ainda é desenvolvida e, se constatado, deverá ser feita interdição, suspensão ou embargo da atividade.

O inquérito foi instaurado pelo promotor Luiz Antônio Freitas de Almeida, da 34ª Promotoria de Justiça.